15 milhões de doses da vacina da Oxford chegam ao Brasil em dezembro

Edição da semana

Em 29 jul 2020, 14:35

15 milhões de doses da vacina da Oxford chegam ao Brasil em dezembro

29 jul 2020, 14:35

Conforme o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, a próxima entrega do imunizante está prevista para janeiro

15 milhões

Governo adquiriu milhões de unidades da vacina contra o coronavírus | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

O governo Jair Bolsonaro já encomendou 100 milhões de unidades da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, que está na terceira e última fase de testes. “Nessa encomenda, está previsto o primeiro lote, para chegar em dezembro, e o segundo em janeiro. Muito em breve, se tudo der certo, nós teremos a vacina em dezembro”, afirmou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, à CNN Brasil.

Quer saber como anda a política externa do Brasil? Leia a entrevista exclusiva com o chanceler Ernesto Araújo, publicada na edição n° 18 de Oeste

A entrega será possível porque o governo tem uma parceria com a Oxford e a empresa farmacêutica AstraZeneca. Segundo Correia, 15 milhões de unidades chegam em dezembro, mais 15 milhões em janeiro e as outras 70 milhões a partir de março. Além disso, o secretário ressaltou que o Brasil tem a vantagem de produzir a vacina em território nacional, na fábrica Bio-Manguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 Comentários

  1. Temos que mandar a conta pra China pagar.

    Responder
    • Mas não íamos fabricar 100 milhões de doses em setembro já mudaram a história agora vira de lá em dezembro? Esse laboratório tava querendo só cobaias, já tinham 100 milhões de doses fabricadas não vão nos deixa fabricar nada, vamos espera a Boa vontade e a vacina da China.

      Responder
      • Da China eu não quero nem a existência, bando de FDPs, eu tenho pena daquele povo, por estar submetido a uma ditadura desgraçada, mas a culpa também é deles, ficar calado diante da ditadura não é a solução a menos que se esteja planejando alguma coisa contra o sistema!

        Responder
    • Estamos realmente necessitando com (URGÊNCIA),com certeza acabará com essa PANDEMIA e também bom muita PRECISÃO, trazendo tranquilidade e menos ANSIEDADE para todos.
      Acabando com tudo isso,que sem EXPLICAÇÃO deixou MUNDO em PÂNICO,
      e com muitas VÍTIMAS.

      Responder
  2. Vocês do STF poderiam fazer mais pelo maioria do povo brasileiro, são eles que pagam seus salários.

    Responder
    • Como garantir que irei tomar a vacina do Governo Federal e não a chinesa já que o governador de SP não deve utilizar as fornecidas pelo Governo Federal. Inclusive corremos o risco da imposição de tomar a vacina teste chinesa.

      Responder
      • É só continuar tomando cloroquina

        Responder
        • Vou TENTAR explicar. Vacina toma antes de pegar e pra não pegar mais, cloroquina toma DEPOIS. Se vc quiser, não toma nenhum tb, mas nao fala besteira!

          Responder
  3. Qual será a previsão de imunização da população, será que já chegaremos em 2021 vacinados?

    Responder
  4. Que notícia mais trágica!!! Que descalabro encomendar vacinas que ainda estão em fase de testes, de um laboratório de quinta categoria que tem inúmeros processos correndo na justiça e que já pagou bilhões de dólares de indenização por danos causados a vítimas de seus produtos tóxicos!!! Por que a reportagem não divulga que esse laboratório horroroso assinou um acordo que impede qq cidadão de processá-lo por danos sofridos por suas vacinas??? E PAREM de chamar essas vacinas satânicas da Astrazeneca de vacinas “de Oxford”! O laboratório é particular e de histórico inescrupuloso e corrupto!

    Responder
    • É para rir esse comentário só pode

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

As piores eleições do mundo

A cura para a desgraça que são as eleições brasileiras é um conjunto de meia dúzia de providências simples como a tabuada

EUA — O que está em jogo

Em confronto, duas visões antagônicas sobre temas como geopolítica e comércio internacional, impostos e saúde, clima e energia, China e Oriente Médio

Meio ambiente é causa conservadora

Conservadores não podem se eximir da responsabilidade e reforçar a ideia de que preservação ambiental é pauta da esquerda

O plebiscito dos mentecaptos

Acaba o auxílio emergencial, mas começa a campanha emocionante do Ricardo Barros pelo plebiscito — e emoção é alimento espiritual

Nova Constituição para quê?!

Uma Carta ruim como a nossa deve ser reformada, e não anulada para que outra seja escrita. Essa é a solução conservadora

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 32 — 30/10/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês