Academias e cinemas abrirão antes do previsto em SP - Revista Oeste

Em 3 jul 2020, 14:12

Academias e cinemas abrirão antes do previsto em SP

3 jul 2020, 14:12

No Plano São Paulo, atividades constavam na fase verde, mas agora gestão Doria decidiu permitir reabertura na fase amarela, em que se encontra a capital paulista

academias, cinemas, governo de são paulo, bruno covas, joão doria, fase amarela, plano são paulo

Covas e Doria adiantaram o retorno de cinemas, teatros e academias | Foto: NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, a secretária de Desenvolvimento Econômico do governo do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen, anunciou que academias e cinemas poderão voltar a funcionar ainda na fase amarela do Plano São Paulo de retomada econômica.

Anteriormente, essas atividades estavam listadas para a fase verde, que, segundo foi informado hoje, só deve ter início em 12 de outubro.

A capital paulista já está na fase amarela, porém, segundo o prefeito Bruno Covas, os protocolos para a reabertura de academias e cinemas ainda precisam ser analisados, como o foram os de bares, restaurantes e salões de beleza.

Se cumprirem as quatro semanas dentro dos critérios impostos para cada fase, essas atividades poderiam voltar a funcionar em São Paulo em 27 de julho.

De acordo com o divulgado hoje, as academias poderão funcionar apenas com 30% da capacidade, com agendamento prévio, limpeza intensificada feita ao menos três vezes ao dia e com restrição ao uso dos vestiários, em que os chuveiros não deverão ser utilizados.

Já no caso dos cinemas, teatros e atividades culturais com o público sentado, a ocupação máxima permitida será de 40%, com pelo menos 1,5 metro entre os assentos, compra antecipada on-line de ingressos e sem a opção de consumo de alimentos e bebidas dentro dos recintos.

Bares e restaurantes

Já na segunda-feira, bares e restaurantes devem voltar a funcionar em São Paulo.

“Amanhã assinaremos os protocolos com as regras que deverão ser seguidas na reabertura”, informou o prefeito Bruno Covas. “Também estão incluídos salões de beleza e barbearias.”

Os setores que já estão funcionando, ou seja, escritórios, concessionárias, lojas de rua e shopping centers, passam a poder ficar abertos por seis horas.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Dois pangarés.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias