Advogado de hackers que invadiram o celular de Moro quer ser vereador - Revista Oeste

Edição da semana

Em 26 set 2020, 22:00

Advogado de hackers que invadiram o celular de Moro quer ser vereador

26 set 2020, 22:00

Ariovaldo Moreira é pré-candidato ao cargo na cidade de Araraquara (SP)

sérgio moro - magistratura - ministério da justiça - bolsonaro

O ex-juiz Sérgio Moro | Foto: REPRODUÇÃO/VEJA

Ariovaldo Moreira, advogado que defende os hackers que invadiram o celular do ex-juiz federal Sérgio Moro e de diversas outras personalidades públicas, decidiu entrar para a política. A estreia será em 2020 como candidato a vereador na cidade Araraquara, interior de São Paulo. Seu partido, no entanto, não é nenhum daqueles que ovacionaram os criminosos que ele defende. Ao contrário, o escolhido foi o PSL, sigla pela qual Jair Bolsonaro disputou as eleições de 2018. A filiação de Moreira ocorreu em março deste ano. Curiosamente, em julho, ninguém menos que o próprio Sergio Moro recebeu um convite para integrar a legenda.

Em abril, durante uma live realizada pelo advogado no portal RCIA Araraquara, Moreira defendeu seus clientes cibernéticos. “Acho que o Walter [o hacker Walter Delgatti Neto] trouxe um benefício à sociedade para saber o que acontece nos bastidores do Judiciário”, disse.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Ué?? Não foi o próprio Sergio que defendeu em depoimento o Verdevaldo??? Está colhendo o que plantou!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O pai, o filho e o deboche

O pai, o filho e o deboche

A ideia geral de que não se deve praticar certas coisas em público, porque “pega mal”, parece caminhar rapidamente...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês