Abate de bovinos tem queda no segundo trimestre

No período, houve crescimento no resultado de frangos e suínos
-Publicidade-
Cortes de carne bovina armazenados em frigorífico | Foto: Francisco Javier Catalina/Flickr
Cortes de carne bovina armazenados em frigorífico | Foto: Francisco Javier Catalina/Flickr

O número de bovinos abatidos para consumo humano no segundo trimestre deste ano recuou 4,5% em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com dados do IBGE divulgados nesta sexta-feira, 13, a quantidade chegou a mais de 7 milhões de cabeças. Já em relação ao primeiro semestre de 2021, esse volume mostra uma alta de 7,7% nos abates.

Leia mais: “Genética e nutrição animal: mercado mundial crescerá mais de 6% até 2027”

No caso dos suínos, houve aumento nas duas comparações. No segundo trimestre, 13 milhões de porcos foram mortos por algum tipo de serviço de inspeção sanitária — responsável pela fiscalização industrial dos produtos de origem animal. O resultado representa alta de 7,1% em relação ao mesmo trimestre do ano passado e de 3,2% em comparação aos primeiros três meses deste ano.

-Publicidade-

Leia também: “Faturamento com exportações de carne suína cresce 21% em julho”

Já os frangos tiveram acréscimo de 7,4% em relação ao segundo trimestre de 2019, o que resultou em mais de 1 bilhão de animais abatidos. Esse volume equivale a retração de 3% na comparação com o período de janeiro a março de 2021.

Leia: “Exportações de carne de frango atingem melhor resultado do ano em julho”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro