Agronegócio conquista quase 230 novos mercados no governo Bolsonaro

A lista inclui quatro continentes: América, Ásia, África e Oceania
-Publicidade-
No primeiro ano do governo foram 35 aberturas
No primeiro ano do governo foram 35 aberturas | Foto: domchico/Flickr

O agronegócio brasileiro conquistou 229 novas aberturas de mercado para os produtos do setor ao longo do governo do presidente Jair Bolsonaro. Mais de 40 delas ocorreram em 2022.

As conquistas de novos mercados para o agronegócio envolvem, principalmente, sementes, ração animal, frutas, plantas, produtos bovinos e material genético. De acordo com o Ministério da Agricultura, 35 ocorreram no primeiro ano do governo Bolsonaro. A lista envolve 102 mercados nas Américas, 88 na Ásia, 38 na África e um na Oceania.

-Publicidade-

“A abertura de mercado, no entanto, não significa comércio e embarques imediatos dos produtos agropecuários”, informa a pasta em nota. “É preciso, ainda, um trabalho de preparação do produtor e do exportador para atender às demandas de cada um desses novos clientes, além do desenvolvimento de atividades de promoção comercial e divulgação.”

Para conquistar novos mercados para o agronegócio, o governo Bolsonaro apoiou uma série de negociações bilaterais. Elas culminaram no acordo dos parâmetros de sanidade a serem atestados e do certificado correspondente, sanitário, fitossanitário ou veterinário, que passará a ser aceito pelo país importador nos pontos de entrada da mercadoria.

Leia também: “O Brasil vai alimentar o mundo”, entrevista concedida por Celso Moretti, presidente da Embrapa, para a Revista Oeste

 

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.