Em 2020, produção de carne suína brasileira atinge o melhor resultado em 23 anos

A produção de carne suína brasileira tem crescido desde o primeiro ano do levantamento, em 1997
-Publicidade-
Houve acréscimo de 568,3 mil cabeças no abate do ano passado
Houve acréscimo de 568,3 mil cabeças no abate do ano passado | Foto: Jonas Oliveira/Agência de Notícias do Paraná

Em 2020, foram abatidos 49,3 milhões de suínos no Brasil. O número é um novo recorde na série histórica elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A produção de carne suína brasileira tem crescido desde o primeiro ano do levantamento, em 1997 — a exceção ocorreu apenas em 2004. Entre 2019 e 2020, houve um acréscimo de 6,4% no abate (mais 568,3 mil cabeças).

Leia também: “5 grandes mentiras sobre o agronegócio”, reportagem na Edição 52 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site