Grãos: apesar de inundações, China ainda prevê grande colheita

Mais de 4,2 milhões de hectares de culturas foram prejudicados, mas patamar é inferior ao verificado em anos anteriores
-Publicidade-
Colheita da safra de milho na China | Foto: Reprodução/Xinhua
Colheita da safra de milho na China | Foto: Reprodução/Xinhua

O Ministério da Agricultura e dos Assuntos Rurais da China garantiu que o país ainda vai colher uma grande safra de grãos neste ano, apesar das inundações registradas na província central de Henan, uma importante região produtora. “Dos mais de 5 milhões de hectares de grãos de outono em Henan, mais de 4 milhões não foram afetados pelos desastres e cresceram melhor do que nos anos anteriores”, destacou.

Leia também: “Maior chuva em mil anos deixa 25 mortos e leva caos à China”

Segundo a pasta, em nível nacional, mais de 4,2 milhões de hectares de culturas foram prejudicados nos sete primeiros meses do ano, mas o patamar é inferior ao verificado na média dos últimos cinco anos. O ministério ainda informou que vai fortalecer a prevenção e o controle de doenças e pragas agrícolas para garantir uma produção anual de grãos acima de 650 bilhões de quilos.

-Publicidade-

Leia mais: “China chama Reino Unido de “p**a pedindo para apanhar”

Atualmente, a China é o maior importador de soja do mundo, tendo o Brasil e os Estados Unidos como seus principais fornecedores.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro