Maior produtor de ovos do país aposta no transporte por trem 

Companhia diz que custo ferroviário é mais baixo, mas será somente um complemento às operações
-Publicidade-
Produtos embalados foram colocados em contêiner | Foto: Wenderson Araujo/CNA
Produtos embalados foram colocados em contêiner | Foto: Wenderson Araujo/CNA

O Grupo Mantiqueira, maior produtor de ovos do país, começou a transportar o produto por meio de trem. A operação foi iniciada no começo deste mês, com mais de mil caixas sendo carregadas de Primavera do Leste (MT) até São Paulo. A carga foi colocada em um único contêiner, com os produtos já embalados em bandejas que foram para os supermercados paulistas.

Leia mais: “Lei proíbe estabelecimentos de oferecer ovos crus para consumo”

A empresa afirma que a decisão de testar o novo meio de transporte visa a reduzir custos logísticos em relação ao uso de caminhões. “Ao diversificar para uma opção de transporte que emite menos CO2 [gás carbono] na atmosfera e tem impacto positivo no meio ambiente, estamos apostando na estratégia de transporte multimodal, baseado em caminhões, navios e trem”, disse o diretor comercial e de logística do Grupo Mantiqueira, Murilo Pinto.

-Publicidade-

“Os ovos da vacina”, artigo publicado na Edição 55 da Revista Oeste 

Segundo a companhia, o investimento para o transporte ferroviário é mais baixo que os demais, mas será complementar, visto que não poderá substituir toda a operação rodoviária.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro