Alexandre de Moraes manda soltar jornalista Oswaldo Eustáquio

Em 5 jul 2020, 14:23

Alexandre de Moraes manda soltar jornalista Oswaldo Eustáquio

5 jul 2020, 14:23

Decisão foi tomada neste domingo pelo ministro do Supremo Tribunal Federal

Oswaldo Eustáquio

Jornalista Oswaldo Eustáquio | Foto: Reprodução/YouTube

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu soltar neste domingo, 5, o jornalista Oswaldo Eustáquio, apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

Ele estava preso desde o dia 26 de julho no âmbito do inquérito que apura o financiamento de atos antidemocráticos.

Moraes liberou o blogueiro mediante uma série de restrições, como não utilizar redes sociais.

Depoimento

Em depoimento à PF, Oswaldo Eustáquio negou ter propagado mensagens contra as instituições ou mensagens defendendo a intervenção militar.

No depoimento, o jornalista diz ainda que participou de atos considerados antidemocráticos fazendo cobertura jornalística e que não defende intervenção militar, mas “uma intervenção popular, pelo voto”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

30 Comentários

  1. Ele é um blogueiro ou jornalista com carteirinha? Até a revista Oeste colaborando com esta narrativa..

    Responder
    • Boa tarde Afonso,
      Com todo o respeito ao jornalista e seu trabalho, gostaria de destacar que Oswaldo é jornalista devidamente registrado e com longa trajetória na profissão inclusive já tendo recebido premiação…Cabe ressaltar que essa prisão sem a devida transparência , carente de dispositivos legais como até mesmo o acesso dos advogados dos autos do processo, constituí uma afronta ao estado democrático de direito e um perigo aos jornalistas independentes.

      Atenciosamente ,

      Giancarlo Pacheco

      Responder
      • Obrigada pela resposta esclarecedora. Os veículos de comunicação também cometem fake news quando desmerecem a profissão dessa pessoa. Deveriam responder por injúria e difamação.

        Responder
        • Vou me referir ao Afonso como o “escriba dentuço”. Será que ele vai achar ruim?

          Responder
          • Desnecessário seu comentario

            Responder
    • Ele é jornalista! Vamos consertar isso aí.

      Responder
  2. Por que no título da matéria o coloca como Jornalista e no 3º parágrafo se refere ao Oswaldo Eustáquio como “blogueiro”? É fato que o Oswaldo é JORNALISTA. O termo “blogueiro” tem sido muito utilizado pela grande imprensa para tentar descredibilizar o rapaz. Como assinante da Oeste, exijo que todas matérias aqui veiculadas sejam apegadas aos FATOS, independente de como sejam.

    Responder
    • Concordo com a opinião acima. Respeitem o profissional e sejam respeitados.

      Responder
    • A notícia deu a ele o referido pelas duas funções, e ele de fato não faz os dois trabalhos não? Então não há problema em descrevê-lo como blogueiro se já deixou claro que ele é jornalista, isso foi bem informado logo no início da notícia.

      Responder
    • Concordo.

      Responder
      • Como foi feito o jornalista continua com sua liberdade cerceada.

        Responder
  3. Jornalistas ao que parece são somente os que trabalham na grande mídia e de preferência que sejam contra o governo atual.

    Responder
    • Parabéns… concordo! Isso está muito claro.

      Responder
    • Disse tudo Renato. Estamos fartos.

      Responder
  4. Proibiram o jornalista que eles mesmos chamam de blogueiro de usar as redes sociais? Impediram o Oswaldo de trabalhar? Achei que trabalhar é um direito constitucional. Vai entender os ” guardiões da constituição”

    Responder
  5. “Moraes liberou o blogueiro mediante uma série de restrições, como não utilizar redes sociais.”

    Complicado, hein?

    Responder
  6. Tais restrições são absolutamente inconstitucionais e ilegais, já que ele não cometeu crime algum. Esse pseudo-juiz precisa ser impedido imediatamente.

    Responder
    • Já os condenados em segunda instância estão livres e sem nenhuma restrição.

      Responder
  7. Esse Moraes é um palhaço mesmo. Não existe nem jurisprudência tampouco previsão jurídica para tal proibição.

    Responder
  8. Marangoni vacilou ao intitular Eustáquio como um blogueiro…

    Responder
  9. BLOGUEIRO???? Sério? Corrige isso que ainda dá tempo! Ele é JORNALISTA!

    Responder
  10. Imagina se o melhor presidente do mundo Jair Messias Bolsonaro, mandasse prender todos que o atacam 24hs por dia, seria considerado Ditador, não? A verdade é que vivemos já uma ditadura, que é a pior que existe que é a ditadura da justiça. Uma vergonha. Viva Bolsonaro, reeleito no primeiro turno em 2022.

    Responder
    • Foi preso sem justificativa e solto mediante restrições, entre elas, não exercer a própria profissão. Uma bizarrice histórica.

      Responder
    • Fenômeno diz TUDO. É esclarecedor.

      Responder
  11. Se o cidadão tem um blog é um blogueiro e não há nenhum demérito nisso. Ao ser jornalista nada o impede de ter um blog ou um canal no Youtube.
    Não estou entendendo….
    O que me incomoda é o silêncio da elite jurídica deste País sobre os absurdos feitos por estes atuais “supremos”, contra a liberdade de expressão. Onde estão os Desembargadores? As instituições respeitáveis precisam se aliar contra esses desmandos.
    “O que preocupa é o silêncio dos bons…”

    Responder
  12. EUSTÁQUIO É JORNALISTA INDEPENDENTE, NÃO BLOGUEIRO. Alexandre Garcia é JORNALISTA INDEPENDENTE, vão chamá-lo de blogueiro por ter um canal no You Tube?

    Responder
  13. Pura tentativa de intimidação.

    Responder
    • Que palhaçada deste Moraes!
      Porque não proíbe logo o rapaz de respirar!
      Se o Moraes não for pro inferno, quem vai?

      Responder
  14. Esse cabeça de ovo precisa de uma lição bem dada… aliás essas supremices de há muito ultrapassaram todos os limites!Onde é que já se viu? Cercear o direito de expressão de um cidadão que ajuda a pagar o “modesto” salário dos magnanimos…tirar o direito à liberdade sem qualquer delito, se arvorar em papéis que são do ministério público e rasgar a constituição…e por fim: a pérola… não pode exercer seu ofício! Até quando os brasileiros de bem terão paciência?

    Responder
  15. Alexandre de Morais já condenou monocraticamente o Jornalista e aplicou a pena sem que ele esteja condenado. Esse ministro é uma vergonha para a democracia.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias