Americano considerado do grupo de alto risco sobrevive ao coronavírus - Revista Oeste

Em 29 mar 2020, 14:04

Americano considerado do grupo de alto risco sobrevive ao coronavírus

29 mar 2020, 14:04

A história de sobrevivência de Frank Eller, que tinha pneumonia e problemas cardíacos, está dando esperança ao mundo

Equipe médica que cuidou de Frank Eller em Porto Rico | Foto: YouTube CBS8

Um fuzileiro naval aposentado de 87 anos, com cinco agravantes em seu estado clínico, contraiu a covid-19 mas se recuperou e já está em sua casa em San Diego, nos Estados Unidos.

Frank Eller estava em estado crítico depois de ter sido diagnosticado com o vírus, durante uma viagem de cruzeiro. “Eu estava muito fraco. Não conseguia ficar de pé ou andar muito longe. À noite, não conseguia respirar”, disse Eller.

MAIS: No Brasil, Paulo Guedes diz que país será o 1º a sair da crise do coronavírus

Ele foi retirado do navio em 9 de março e levado de avião para um hospital em Porto Rico, onde ficou em quarentena por duas semanas. “Gradualmente, a partir desse primeiro dia, comecei a me sentir melhor. No sexto dia, estava totalmente recuperado e pronto para partir”, acrescentou Heller.

O fuzileiro naval aposentado apresentava quadro de pneumonia e cinco condições de saúde subjacentes: enfisema em um pulmão, doença cardíaca, válvula cardíaca com vazamento, nefropatia periférica e batimentos cardíacos irregulares.

Eller disse que se recusou a ser colocado em um ventilador. Ele atribui sua resistência à família, fé e anos de serviço no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos.

Frank sobreviveu à guerra enquanto era fuzileiro e agora à guerra contra o vírus.

TAGS

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Coronavírus

Assine a nossa news

Oeste Notícias