Antes de ser vice, Kamala Harris criticava fortemente Biden

Em 12 ago 2020, 11:54

Antes de ser vice, Kamala Harris criticava fortemente Biden

12 ago 2020, 11:54

Senadora norte-americana chegou a dizer durante prévias democratas que acreditava em denúncias de assédio sexual contra candidato à Casa Branca

kamala harris, joe biden, eleições americanas 2020, partido democrata, fogo amigo

Biden e Kamala: fogo amigo? | Foto: Reprodução

Antes de ser escolhida ontem, terça-feira 11, como candidata a vice-presidente na chapa liderada por Joe Biden à Casa Branca, Kamala Harris parecia não ser grande fã do eterno vice de Barack Obama.

Ainda em março do ano passado, quando tentava ser a candidata à presidência do Partido Democrata, concorrendo com o agora parceiro, Kamala afirmava acreditar nas acusações de que Biden assediou mulheres sexualmente.

Em julho de 2019, a então pré-candidata lembrou que Biden havia trabalhado com segregacionistas no Senado e tinha se oposto à lei americana que oferece transporte escolar a crianças.

Como bem notou a colunista de Oeste Ana Paula Henkel, com uma vice como esta, Biden terá de tomar cuidado com o “fogo amigo”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. É o popular “tiro no pé”. Uma candidata a vice negra e mulher, convidada por conveniência para estimular a população negra a ir votar e, ainda mais, sendo uma ex-postulante a indicação do Partido Democrata concorrendo contra o próprio Biden e ainda o acusando de assédio sexual realmente vai ser muito “divertido”! “Prato cheio” para o Trump nos debates!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias