Anvisa aprova 8 novos testes rápidos para o coronavírus - Revista Oeste

Edição da semana

Em 19 mar 2020, 06:35

Anvisa aprova 8 novos testes rápidos para o coronavírus

19 mar 2020, 06:35

Oferta dos kits dependerá da capacidade de cada empresa que recebeu o registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou oito novos testes rápidos de coronavírus. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 19.

Os testes possibilitarão que o resultado saia mais rápido e serão usados pelos profissionais da saúde na triagem e no diagnóstico da doença.

Seis deles recolhem amostras de sangue, soro ou plasma. Nos outros dois casos, uma espécie de cotonete retira amostras das vias respiratórias.

De acordo com a Anvisa, a oferta dos kits dependerá da capacidade de cada empresa que recebeu o registro.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês