Após decisão do STF, Bolsonaro torna sem efeito nomeação de Alexandre Ramagem - Revista Oeste

Em 29 abr 2020, 14:24

Após decisão do STF, Bolsonaro torna sem efeito nomeação de Alexandre Ramagem

29 abr 2020, 14:24

O delegado havia sido nomeado para ser o diretor-geral da Polícia Federal

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Em edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira, 29, o presidente Jair Bolsonaro tornou sem efeito a a nomeação de Alexandre Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal.

O presidente também revogou a exoneração de Ramagem do cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência. Portanto, por ora, ele segue à frente da Abin.

Mais cedo, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem para substituir Maurício Valeixo, que foi exonerado na semana passada.

Na decisão, Moraes alegou que houve quebra do princípio da impessoalidade na indicação do novo delegado-geral da PF. Ele atendeu a uma ação impetrada pelo PDT de Ciro Gomes.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. O Brasil votou em Bolsonaro ou Alexandre de Moraes?

    Responder
  2. Espero que tenha sido uma ação calculada para escrachar mais ainda o STF e não uma amarelada do presida.

    Responder
    • Quando será que o presidente vai entender que o povo está ao lado dele pro que der e vier ??
      O povo com a faca nos dentes esperando o presidente ignorar este careca de merda.
      Daí o presidente vai e arrega.
      Pô presidente ajuda aí vai,

      Responder
  3. Decisão absurda do Alexandre de Moraes . Está se antecipando a uma possível interferência do Presidente na PF no futuro??? A função do STF é de adivinhar? Se fosse p isso pagávamos uma vidente que oneraria muito menos os cofres públicos.

    Responder
  4. é o fim da picada!!!

    Responder
  5. Mais de 57 milhões de brasileiros conferem o poder de PR da República ao JB, aí vem um Ministro do STF (assecla da tucanada) e tira a autonomia legal que o presidente deveria ter…Tomara que a AGU consiga reverter essa palhaçada promovida pelo Sr. Alexandre de Moraes.

    Responder
  6. Enfim, chegamos à ditadura do Judiciáriom, o mais perverso sistema de governo. Rui Barbosa já alertava para isso, pois é um sistema no qual o cidadão não tem para onde recorrer. Esse país não vai durar 6 meses desse jeito e estou sendo muito otimista.

    Responder
  7. A moralidade não mora no STF.
    Hipócritas, canalhas.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias

MAIS lidas