Após repercussão, Bolsonaro defende visita de Pompeo ao Brasil

Edição da semana

Em 20 set 2020, 14:31

Após repercussão, Bolsonaro defende visita de Pompeo ao Brasil

20 set 2020, 14:31

Secretário de Trump esteve em Roraima e se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para discutir a situação da Venezuela

Jair Bolsonaro

Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, defendeu neste domingo, 20, a visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, ao Brasil.

Bolsonaro disse no Twitter que a presença do secretário de Trump “representa o quanto nossos países estão alinhados na busca do bem comum”.

LEIA MAIS: Bolsonaro vai fazer cirurgia na semana que vem

Pompeo esteve em Boa Vista, em Roraima, na sexta-feira, 18, e se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para discutir a situação da Venezuela.

Ele também conheceu a Operação Acolhida, iniciativa implementada pelo governo brasileiro em 2018 para acolher imigrantes e refugiados venezuelanos ao Brasil.

A vinda de Pompeo foi alvo de críticas do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em seguida, o chanceler brasileiro rebateu Maia.

Bolsonaro ainda parabenizou o presidente norte-americano, Donald Trump, por sua “determinação de seguir trabalhando, junto com o Brasil e outros países, para restaurar a democracia na Venezuela”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 Comentários

  1. O mundo do Maia está de cabeça para baixo e ele só defende políticas e ações contra os dias interesses na nação brasileira, a qual ele parece não pertencer.

    Responder
  2. Os que são contra são os mesmos que se beneficiavam com o dinheiro do narcotráfico via Foro de São Paulo.

    Responder
  3. Somos os responsáveis, nós 57 milhões de brasileiros (declarado pelo TSE de Barroso), por tudo o que fizer, pelos atos, pela restauração da ordem e do progresso deste lindo País. Acima de partidos políticos e ideologias, temos um governo conservador – como pretendíamos – correto e zeloso com os nossos impostos – isto tem se verificado – e deixando que a LAVAJATO ande, e o GOVERNO CENTRAL está correspondendo em todos estes quesitos.
    As eleições municipais afastarão ainda mais o modelo CORRUPÇÃO instituído entre os 3 poderes até 2.018, quando finalmente emplacamos um CAPITA que horroriza a falcatrua, porque ouviu as ruas em 2.013, o que não ocorreu com várias instituições, destaque-se o STF, a OAB, as televisivas CNN, GLOBO E BAND, as escritas CRUSOÉ e FOLHA, as compradas IBOPE e DATAFOLHA.
    O MEU BRASIL É SEM ERRO, ABOMINA TUDO QUE ESTÁ RELACIONADO AO MODELO COMUNISTA DE COMANDAR OS POVOS.

    Responder
  4. BolsoTrump na veia! Mas ainda acho que falta um fogo a mais pra acender a chama da tocha na relação Brasil-EUA.

    Responder
  5. Deixa os contras chorarem!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês