Aras pede ao STF a suspensão do inquérito das fake news - Revista Oeste

Edição da semana

Em 27 maio 2020, 15:30

Aras pede ao STF a suspensão do inquérito das fake news

27 maio 2020, 15:30

Ele afirmou que foi surpreendido com a operação da Polícia Federal nesta quarta-feira

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou, nesta quarta-feira, 27, ao Supremo Tribunal Federal a suspensão do inquérito das fake news.

Ele fez o pedido em uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade em 21 de março.

Cabe ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da ação, decidir sobre a solicitação de Aras.

O pedido do procurador foi feito após operação da Polícia Federal que mirou aliados do presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira.

A Procuradoria-Geral da República “viu-se surpreendida com notícias na grande mídia de terem sido determinadas dezenas de buscas e apreensões e outras diligências, contra ao menos 29 pessoas, sem a participação, a supervisão ou a anuência prévia do órgão de persecução penal”, disse Aras.

Na ocasião em que entrou com a ADPF, a Rede requereu a anulação do inquérito, afirmando que ministros “não merecem escapar à censura da opinião pública, visto que optaram livremente por se investir na condição de agentes públicos”.

Leia o pedido de Aras

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

18 Comentários

  1. Enquanto isso.. os partidos da “DIREITA” que se dizem democratas e liberais, PSL raiz da Joice e NOVO, assistem a tudo comendo pipoca!! INACREDITÁVEL!!
    PARABÉNS, ARAS!! O problemas é se os DITADORES DO STF vão se submeter!
    ONDE ESTÁ O FUX?? Está tomando chá com o Moro??

    Responder
    • Acompanho Marcel Van Harten (NOVO) no twiter e ele está radicalmente contra esse mais recente descalabro do STF. Athur do Val (Patriotas) do MBL também é outro que reagiu.

      Responder
      • Arthur do Val tem um vídeo divulgado pelo Carlos Bolsonaro que chama os ministros de vagabundos!! O perfil oficial do MBL está zoando com a operação e achando graça! Cabia ao NOVO ou PSL entrar com uma ação na PGR pra suspender o inquérito e não a Rede.

        Responder
  2. Mesmo que suspenda, e a responsabilização? Vai sair barato, mais uma vez?

    Responder
  3. QUER DIZER QUE A HASHTAG #STFVergonhaNacional foi citada como um dos motivos pra abertura do inquérito, com a operação de busca e apreensão?? I N A C R E D I T Á V E L!!
    # STFVergonhaNacional
    #TofolliVergonhaNacional
    #MoraesVergonhaNacional
    🙊
    # STFVergonhaNacional
    #TofolliVergonhaNacional
    #MoraesVergonhaNacional
    VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA… E VERGONHA!!

    Responder
    • # STFVergonhaNacional
      # STFVergonhaNacional
      # STFVergonhaNacional
      # STFVergonhaNacional
      # STFVergonhaNacional

      Responder
  4. Choice, algum comentário?

    Responder
    • Deve estar tomando um vinho e comendo queijo suíço na frente da TV.

      Responder
  5. É o gabinete do ódio pelo Bolsonaro criado pela grande imprensa não vai ser investigado.

    Responder
    • Relendo esta matéria, me ocorreu perguntar: porque as pessoas ainda usam a expressão “grande mídia”? Além de não ser grande, faz tempo, dada a a sua perda de credibilidade, hoje está mais para mídia-lixo.

      Responder
  6. O STF ultrapassou todos os limites! O inquérito não tem nem objeto. Simplesmente entraram nas casas das pessoas e confiscaram seus materiais de trabalho! O QUE PODE JUSTIFICAR TAMANHA ARBITRARIEDADE?

    Responder
  7. Esse senhor deveria ter se oposto a esse inquerito absurdo logo no início, onde já se viu juiz investigar e julgar?? Esperou o mostro Jurídico atingir limites absurdos para se colocar contra! Foi Leniente e Omisso! Agora que o Sr Alexandre Esticou tanto a corda a ponto de arrebentar e o bicho pegar, ele quer dar uma de paladino do direito processual!

    Responder
    • Pior que Aras se manifestou contra a operação e Moraes ignorou.

      Responder
  8. A Constituição Brasileira continua a ser vilipendiada por aqueles que deveriam ser seus guardiões levando ao caos a ordem natural de uma democracia. Sem a ORDEM jurídica não se tem PROGRESSO.

    Responder
  9. Sinto nojo e vontade de vomitar ao ler STF, justiça que caça seus opositores , não existe liberdade no Brasil ? E a imprensa apoiando toda essa barbaridade? Os militares assistindo tudo isso de camarote ? O que esse cara quer ? Todos nós brasileiros de bem e pagadores de impostos os odiamos .

    Responder
  10. E depois o STF quer ser respeitado. Como? Uma corte constitucional que desrespeita, sistematicamente, a constituição. Vergonha completa.

    Responder
  11. O que mais me impressiona é a IMPRENSA!!! Aceitando calada este descalabro.
    A própria revista que foi CENSURADA por este senhor está comemorando a operação INCONSTITUCIONAL!
    Eu estou pasmo!!!
    O que será que está acontecendo?
    Cada vez mais #STFVergonhaNacional

    Responder
    • A maior parte da imprensa está apoiando esse inquérito de iniciativa do mesmo órgão que irá decidi-lo, porque dirigido a pessoas supostamente de direita e apoiadores do Presidente. O militarismo de esquerda e o sentimento de vingança falam mais alto. Quanto à Revista e site que já sofreram censura do STF, o problema é outro. Pensam que foram eles que derrubaram a ex-presidanta e agora querem detonar o PR para elegerem o seu candidato, talvez, o ex juiz e ex ministro Moro.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês