-Publicidade-

Arthur Lira: ‘Chegam relatos de pressão e ameaças’

Candidato à presidência da Câmara aponta cerco de governadores e líderes de partidos

Candidato à presidência da Câmara aponta patrulha contra sua candidatura

arthur lira
O deputado federal Arthur Lira | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A vinte dias da eleição para a presidência da Câmara, o alagoano Arthur Lira (PP) afirma que tem ouvido uma série de relatos de ameaças, pressão de governadores e de partidos e até de exonerações de funcionários contra sua candidatura. O principal adversário de Lira na disputa é Baleia Rossi (MDB-SP), nome costurado pelo atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Tanto Lira quanto Baleia viajaram pelos Estados nos últimos dias para encontros com bancadas de deputados e com governadores — ou seus representantes de primeiro escalão. Por ser apontado como favorito do Palácio do Planalto, Lira tem enfrentado a resistência de alguns governadores e também da imprensa avessa ao governo Jair Bolsonaro.

Embora não seja novidade, a artilharia de Maia contra Bolsonaro ganhou força nos últimos dias. Neste sábado, por exemplo, o deputado chamou o presidente de “covarde” no Twitter.

A oposição de Maia ao governo talvez seja o que une o seu grupo ao PT, oficialmente apoiador de Baleia Rossi, ainda que a bancada esteja dividida em 27 a 23. O ex-prefeito de São Paulo e candidato à Presidência por acidente, Fernando Haddad, por exemplo, aprovou.

 

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês