Aviação no Brasil deve recuperar 80% de seu movimento em dezembro - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 20 nov 2020, 09:30

Aviação no Brasil deve recuperar 80% de seu movimento em dezembro

20 nov 2020, 09:30

Voos chegaram a diminuir mais de 90% durante a pandemia

Aviação na pista de decolagem | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em dezembro de 2020, o movimento de voos deve atingir 80% do resultado registrado no mesmo mês de 2019 no Brasil. A projeção foi apresentada pelo secretário de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, em um seminário promovido pelo Ministério de Infraestrutura sobre as perspectivas do setor.

A aviação civil chegou a registrar quedas superiores a 90% no país nos meses com maior restrição de circulação em razão da pandemia. A média de 2,5 mil voos diários caiu para cerca de 200. Glanzmann afirma que a projeção apresenta números impressionantes, mas pondera que as receitas das empresas aéreas ainda não estão em nível satisfatório. “São números impressionantes comparados com os de outros países da América do Sul”, disse. “O desafio é a recuperação da receita, que ainda está baixa, e estamos acompanhando a alta temporada, e como vai proceder.”

Voos internacionais

A Secretaria de Aviação Civil estima que os voos internacionais devam ter uma recuperação de 45%. Segundo Glanzmann, a retomada mais lenta acontece por conta da indefinição em outros países. “No mercado internacional, a retomada é mais lenta porque dependemos de outros mercados e precisamos da abertura”, explicou.

Leia também: “Turismo no Brasil perde 44% do faturamento durante a pandemia”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

A obsessão da imprensa por Donald Trump

Com o único propósito de ser anti-Trump, a mídia não saberá o que fazer se não puder culpar o bufão laranja por todo o mal que eventualmente venha a acontecer

O Guevara da Daslu

Faça como Doria. Pare diante do espelho, fale meia dúzia de clichês do humanismo de butique e note que você também tem um corpinho de centro-esquerda

A China e a fábula dos pardais

Enquanto o discurso ambientalista foca a Amazônia e as mudanças climáticas, a China segue com suas práticas predatórias e não assume responsabilidades

O gênio e o mito

Maradona não deveria ser uma referência moral para ninguém. Mas é um equívoco não homenageá-lo por seu futebol-arte

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês