Bancada evangélica lança Marcos Pereira para a presidência da Câmara - Revista Oeste

Edição da semana

Em 23 jul 2020, 12:46

Bancada evangélica lança Marcos Pereira para a presidência da Câmara

23 jul 2020, 12:46

Vice-presidente da Câmara e presidente nacional do Republicanos, deputado Marcos Pereira vai disputar as eleições da Casa com o líder do Centrão, Arthur Lira (PP-AL)

marcos pereira

O deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP) se articula silenciosamente e, pouco a pouco, acumula apoio pela presidência da Câmara | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP) já é um forte candidato às eleições da Câmara em 2021. Isso porque, em jantar na quarta-feira, 22, em Brasília, em um restaurante da rede Côco Bambu, a Frente Parlamentar Evangélica o lançou para a disputa.

Na política, uma coisa é se lançar para uma disputa. Outra, é ser lançado. E foi o que aconteceu. Evidentemente que Pereira se movimenta para conquistar apoio de diferentes bancadas temáticas e partidárias para a disputa. Mas o apoio formal da bancada evangélica o fortalece consideravelmente.

Em junho, Oeste antecipou os bastidores da candidatura de Pereira, vice-presidente da Câmara e presidente nacional do Republicanos. E revelou que ele, ainda à época, ele fechou acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para ser apoiado como seu candidato. Desde então, vem se movimentando quieto, de forma muito discreta.

O apoio é nos detalhes. É bem verdade que a bancada evangélica conta com 203 parlamentares, dos quais nem todos compareceram, apesar de terem sido convidados. Ao todo, compareceram 30. Mas, mesmo em pandemia, boa parte desses congressistas saíram de suas bases para comparecer ao jantar, um prestígio significativo.

Honras

A confraternização ocorreu em um local reservado do restaurante, destinado a clientes VIPs. Não tinham acesso outras pessoas além de parlamentares. O presidente da bancada evangélica, deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), fez as honras, parabenizou Pereira e confirmou seu apoio.

Durante o jantar, chamou a atenção de alguns congressistas os acenos feitos a Pereira pelo deputado Marco Feliciano (Republicanos-SP), vice-líder do governo no Congresso. Afinal, o cenário desenhado na Câmara é o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder do Centrão, é o candidato do Executivo à presidência da Casa.

Portas abertas

A interpretação de alguns é que o governo não quer fechar as portas para nenhum dos candidatos. Afinal, o presidente Jair Bolsonaro sabe que não pode se dar ao luxo de cometer o erro da ex-presidente Dilma Rousseff. Em 2015, ela apoiou a candidatura do petista Arlindo Chinaglia (SP). O vencedor foi Eduardo Cunha (MDB-RJ). O resto todos se lembram.

O jantar foi bom recebido pelos parlamentares, mas nem tudo foram elogios. Em caráter reservado, alguns revelam a Oeste a surpresa e um certo incômodo com a “pauta central”. “Não haviam dito que o convite era para lançar o Marcos”, diz um deputado. “Falaram que tinha que ir, chego lá, comentam de um projeto ou outro, e aí começaram a falar da candidatura dele”, destaca outro.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 Comentários

  1. Tá amarrado!!! Este cidadão é cobra criada do Botafogo e foi ao STF junto com os outros bandidos do Congresso, impedir a transferência do Lula pra penitenciária.
    Perseguiu Abraham Weintraub durante toda a sua gestão.

    Responder
  2. Bolsonaro surtou?? Apoiar a eleição de dois bandidos de novo??? NÃO APRENDEU NADA COM O DEM?

    Responder
    • Saiu das garras do DEMOcratas e quer virar presa do CENTRÃO? Meus Deus do céu!

      Responder
  3. Concordo que o melhor para o Governo no momento é subir no muro e deixar o pau comer.

    Responder
    • Realmente política e uma caixinha de surpresas! Começa a ser posto em prática o plano de poder do dono do partido, sim ou nãããão?

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

As piores eleições do mundo

A cura para a desgraça que são as eleições brasileiras é um conjunto de meia dúzia de providências simples como a tabuada

EUA — O que está em jogo

Em confronto, duas visões antagônicas sobre temas como geopolítica e comércio internacional, impostos e saúde, clima e energia, China e Oriente Médio

Meio ambiente é causa conservadora

Conservadores não podem se eximir da responsabilidade e reforçar a ideia de que preservação ambiental é pauta da esquerda

O plebiscito dos mentecaptos

Acaba o auxílio emergencial, mas começa a campanha emocionante do Ricardo Barros pelo plebiscito — e emoção é alimento espiritual

Nova Constituição para quê?!

Uma Carta ruim como a nossa deve ser reformada, e não anulada para que outra seja escrita. Essa é a solução conservadora

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 32 — 30/10/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês