Biden: 'Muitos mais vão morrer' de covid-19 - Revista Oeste

Edição da semana

Em 29 set 2020, 23:04

Biden: ‘Muitos mais vão morrer’ de covid-19

29 set 2020, 23:04

Candidato a presidente dos EUA não apresentou projeções

joe biden x trump - debate - covid-19

Joe Biden afirmou que Estados Unidos terão mais mortes por causa da covid-19
Foto: Reprodução/CNN Brasil

Depois de aumentar em mil vezes o número de mortes pelo novo coronavírus nos Estados Unidos, o democrata Joe Biden voltou a falar da letalidade da doença. Em debate com o republicano Donald Trump na noite desta terça-feira, 29, o candidato à Presidência norte-americana afirmou que “muitos mais vão morrer” em decorrência da covid-19 no país.

Leia mais: “Joe Biden formaliza candidatura à Presidência dos EUA”

Biden, entretanto, não apresentou estudos ou projeções que validassem sua afirmação a respeito da covid-19.

Além do coronavírus, o debate entre Biden e Trump já abordou a indicação feita para a cadeira vaga para a Suprema Corte dos EUA. Na sequência, os dois terão de falar sobre:

  • economia;
  • violência;
  • processo eleitoral.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Já começou a falar Dilmês (Dilma em Inglês), kkkkk. Um perfeito IDIOTA!

    Responder
  2. Esse bobalhão caquético deveria entrar na lista negra de pessoas que deveriam ser proibidas de
    pisar no Brasil! Persona non grata! Safado!

    Responder
  3. Aqui não consegui comentar nada!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês