Bolsonaro: 'O que existem são seres humanos bons e maus' - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 21 nov 2020, 14:38

Bolsonaro: ‘O que existem são seres humanos bons e maus’

21 nov 2020, 14:38

“Não existe uma cor de pele melhor do que as outras. O que existem são seres humanos bons e maus”, declarou o presidente

Presidente Jair Bolsonaro em discurso durante o G20 | Foto: Reprodução

Neste sábado, 21, em discurso na Cúpula do G20, o presidente Jair Bolsonaro ressaltou a origem miscigenada do povo brasileiro e criticou grupos que querem dividir a população. A fala aconteceu depois que manifestantes depredaram uma loja da Rede Carrefour após a morte de um homem num confronto com seguranças em uma das unidades do grupo em Porto Alegre (RS).

“O Brasil tem uma cultura diversa, única entre as nações. Somos um povo miscigenado. Brancos, negros, pardos e índios compõem o corpo e o espírito de um povo rico e maravilhoso. Em uma única família brasileira podemos contemplar uma diversidade maior do que países inteiros. Foi a essência desse povo que conquistou a simpatia do mundo. Contudo há quem queira destruí-la e colocar em seu lugar o conflito, o ressentimento, o ódio e a divisão entre classes, sempre mascarados de ‘luta por igualdade’ ou ‘justiça social’, tudo em busca de poder”, declarou. “Não existe uma cor de pele melhor do que as outras. O que existem são seres humanos bons e maus. E são as nossas escolhas e valores que determinarão em qual dos dois grupos nos incluiremos. Aqueles que instigam o povo à discórdia, fabricando e promovendo conflitos, atentam não somente contra a nação, mas contra nossa própria história.”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

14 Comentários

  1. Excelente . E isso aí.

    Os valores que escolhemos determina se somos bons ou maus e não a cor da pele.

    Responder
      • Concordo com o Presidente Bolsonaro, fico abismado com o cinismo de uma mídia seja ela falada ou escrita formadora de opinião doentia e mesquinha para um povo tão bom quanto o nosso. Parabéns Revista Oeste por fazer a diferença.

        Responder
    • Depredar patrimônio público ou privado não tem qualquer relação com a defesa de uma causa. Os praticantes desses atos, normalmente, são fracassados que buscam falsos pretextos para justificar sua mediocridade perante a sociedade. A grande mídia que os apoia sabe disso e tira proveito para desestabilizar o país e voltar a faturar com o dinheiro público. Hipócritas!

      Responder
  2. Declaração irretocável. A quem interessa o confronto? Essa turma do mal, essa esquerda canalha, quer o quê? Mortes? Ódio? É mais triste ainda saber que o STF está engajado nessa patifaria, mormente as declarações de muitos do seus ministros.

    Responder
  3. o Presidente verbalizou a opinião da grande maioria dos brasileiros, aqueles que querem faturar em cima do triste episódio é que são racistas (inclusive os Srs. Ministros do nosso lamentável STF) querendo dividir as pessoas pela cor da pele, religião, etc., eu, por ex. sou branca mas meus tataravós foram escravos e tenho primos negros.

    Responder
  4. É isso ai presidente, nada a acrescentar. Parabéns, mas não se cale, só não OFENDA o grandioso STF e o TSE, mas vamos lutar para que acatem a Lei do voto impresso aprovada pelo Congresso em 2015 e cancelada pelo STF porque não gostam dela, custa muito caro, empanca a impressora, viola o sigilo e a liberdade do voto, e outras baboseiras. E nosso Congresso fica calado.
    Penso que em 2022 teremos um pleito muito agitado e não devemos ter suspeitas sobre as urnas eletrônicas, e somente o voto impresso permitira auditoria e se necessário recontagem dos votos. Isto favorecerá os candidatos de qualquer partido em acirradas disputas.

    Responder
  5. Concordo em gênero, número e grau.

    Responder
  6. Parabéns meu Presidente Bolsonaro! O senhor soube sintetizar em poucas palavras a nossa realidade.

    Responder
  7. A quem sempre interessou e interessa a luta de classes ?

    Responder
  8. Quantos colunistas e articulistas negros têm a Oeste?
    Nas emissoras de TV quantos são os Heraldo Pereira ?
    Na mídia virtual na internet quantos são os jornalistas negros?
    Quantos economistas e gestores negros nós temos nos Governos Federal, Estadual e Municipal. E secretários nacionais e Dirigentes de estatais e Agências?
    Um dia desses a CBN estava fazendo um debate sobre a exclusão dos negros no Brasil. Numa participação por e-mail perguntei ao jornalista que conduzia do debate: quantos negros têm aí na redação da CBN?
    Quantos narradores de futebol negros?
    Quantos nos tribunais superiores ?
    No Congresso ?
    Quantos Reitores das universidades Federais e públicas?
    Quantos cientistas e/ou pesquisadores de ponta?
    Quantos oficiais generais negros nas Forças Armadas Brasileiras?
    Quantos advogados, médicos, engenheiros negros você já viu?
    Já viu alguma Comissária de Bordo (antiga Aeromoça) negra?
    Apresentadores de programas de TV negros?
    Estou sendo injusto.
    Puxa vida há muitos negros na cena brasileira: lixeiros, serventes, ajudantes gerais, porteiros, trabalhadores na agricultura como mão de obra , operador de Pare- Siga , trabalhadores em estradas , empregadas domésticas, motoristas particulares , ajudante de mecânico, atendentes de padaria, empacotadores de supermercado, e tantas outras profissões.
    Como se vê não existe cor de pele melhor que a outra.

    Responder
    • Perfeito,coloco a mesma narrativa,com um detalhe, nós negros devemos lutar mais pelo nosso objetivo e Negro ajudar Negro, o que é difícil

      Responder
    • O negro que quiser um super cargo deve buscá-lo. Joaquim Barbosa era faxineiro, não quis mais ser, buscou outro emprego e o resultado todos sabem.

      Responder
      • Um . Apenas um. Obrigado por reforçar meus argumentos.

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

As Big Techs em xeque

O que está em jogo no debate sobre o poder dos gigantes da tecnologia

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

Por que há socialistas com mais de 30 anos

Duas razões: todos nós crescemos em famílias, que são pequenas comunidades socialistas; e na economia contemporânea é difícil estabelecer a conexão entre esforço e recompensa

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Fracasso governamental

“Os governos fracassaram de modo retumbante na crise do coronavírus. Mas também não há evidências de que o...

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês