Bolsonaro pede votos a Russomanno, Crivella e outros candidatos

Edição da semana

Em Em 29 out 2020, 22:07

Bolsonaro pede votos a Russomanno, Crivella e outros candidatos

29 out 2020, 22:07

Presidente divulga nomes até de quem tenta se eleger vereador

russomanno e crivella - candidatos apoiados por bolsonaro

Russomanno e Crivella: apoiados por Bolsonaro | Fotos: Divulgação

O presidente da República, Jair Bolsonaro, aproveitou a transmissão on-line que protagonizou na noite desta quinta-feira, 29, para atuar como cabo eleitoral. Ele promoveu as candidaturas de quatro postulantes a vereador e deu nomes a seus aliados nas corridas pelas prefeituras de Belo Horizonte, Manaus, Santos, São Paulo e Rio de Janeiro.

Leia mais: “Campanha de Boulos para prefeito já é mais cara que a de Bolsonaro para presidente”

O Republicanos é o partido com mais candidatos às eleições 2020 com apoio público de Bolsonaro. A legenda terá o presidente como cabo eleitoral para três candidatos a vereador e dois concorrentes ao Poder Executivo.

Confira a lista de apoiados por Bolsonaro:

Vereadores

  • Deilson Bolsonaro, Republicanos — Boa Vista;
  • Carlos Bolsonaro (filho do presidente), Republicanos — Rio de Janeiro;
  • Sonaira Fernandes, Republicanos — São Paulo;
  • Clau de Luca, PRTB — São Paulo.

Prefeitos

  • Celso Russomanno, Republicanos — São Paulo;
  • Bruno Engler, PRTB — Belo Horizonte;
  • Coronel Menezes, Patriota — Manaus;
  • Ivan Sartori, PSD — Santos;
  • Marcelo Crivella, Republicanos — Rio de Janeiro.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 Comentários

  1. Não podemos esquecer que nossas mazelas, num dos países mais ricos do mundo, advém justamente como consequência de há anos após anos de poder desses ex-guerrilheiros, corruptos, marginais e desajustados!

    Responder
  2. Que saia justa, ter que apoiar o Crivella por causa da Record. O PSL tem um deputado bolsonarista candidato a prefeito no Rio.
    Em São Paulo tá complicado, heim? Não tem um candidato expressivo pra derrotar os tucanos. O dep. Philippe de Orléans seria a melhor opção, mas…

    Responder
    • NO MARANHÃO ESTÁ HILÁRIO! O PCdoB RESOLVEU ADOTAR AS CORES “VERDE/AMERELA” PRA CONFUNDIR OS ELEITORES, FAZENDO UM DISCURSO “DEMOCRÁTICO” SE PASSANDO POR CANDIDATO DA DIREITA.
      A tática está funcionando em Porto Alegre, infelizmente.

      Responder
  3. Muito complicado essa coisa de votar em Crivella no Rio, tendo o Luiz lima como opção bem melhor…

    Responder
  4. Com menos de 1% dos votos Luis vai nadar nadar e morrer na praia. O Crivela, pelo menos, está com o Bolsonaro.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês