1,6 mil presos não retornam depois da saída temporária

No Estado de São Paulo, 36,6 mil detentos do regime semiaberto foram beneficiados pela medida
-Publicidade-
O número de foragidos representa 5% do total de detentos beneficiados
O número de foragidos representa 5% do total de detentos beneficiados | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

No Estado de São Paulo, pouco mais de 1,6 mil presos não retornaram aos presídios depois do fim da “saidinha” temporária de fim de ano.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) na sexta-feira 7.

O número representa quase 5% do total dos 36,6 mil detentos do sistema prisional paulista que foram beneficiados pela saída temporária.

-Publicidade-

A SAP informou que os presos que receberam o benefício fazem parte do regime semiaberto e puderam deixar os presídios de São Paulo no período de 23 de dezembro a 5 de janeiro.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.