5G: ‘Brasil será o país com a maior cobertura do mundo’, diz ministro

Internet de alta velocidade começou a funcionar hoje, em Brasília
-Publicidade-
O ministro das Comunicações, Fábio Faria
O ministro das Comunicações, Fábio Faria

A rede 5G de alta velocidade começou a funcionar oficialmente no Brasil nesta quarta-feira, 6. A primeira cidade a receber a tecnologia foi Brasília.

O Brasil realizou um leilão não arrecadatório, em novembro de 2021. “Ao invés de as empresas pagarem para adquirir as faixas de transmissão, elas ficaram obrigadas a fazer investimentos”, observou o ministro das Comunicações, Fábio Faria, em entrevista ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan. O leilão na maior parte do país foi vencido pelas operadoras Vivo, Claro e Tim, mas também possibilitou a chegada de outras seis empresas.

Com isso, o investimento feito pelas operadoras foi maior que o previsto inicialmente pelo governo federal. “Em Brasília, esse investimento para a instalação de antenas foi três vezes maior do que o previsto no leilão”, disse o ministro. Da mesma forma, isso está ocorrendo em outras capitais brasileiras. “Isso amplia a conexão, permitindo que tenhamos um 5G muito mais rápido funcionando nas capitais do que se previa.”

-Publicidade-

Ainda de acordo com o governo federal, 5.570 cidades brasileiras vão receber a internet de alta velocidade. Nas áreas remotas, as operadoras ficaram obrigadas a levar a conexão 4G. “O Brasil será o país com a maior cobertura 5G entre todos os países do mundo”, afirmou Faria.

Em relação à segurança, o ministro disse que o Brasil possui uma rede privativa governamental, para separar a conexão pública da privada. Bancos públicos, ministérios, o Congresso e outros órgãos governamentais vão se conectar por outro aparelho funcional, com restrições às empresas que fornecem os equipamentos. “Criamos isso para acabar com a discussão geopolítica onde a gente atendeu a todos sem que fosse prejudicada a implementação do 5G no país”, explicou Faria.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. A única grande vantagem dessa internet 5G, será na indústria, no agro e outras atividades específicas (cirurgias à distância, etc…). Agora para o usuário comum, não vejo lá muita vantagem nisso daí. Agora fica esse pessoal se jactando pelo governo do Bolsonaro e nem sabem por quanto ficará a conta, se terão condição de pagar por isso e nem o preço dos aparelhos apropriados para funcionar com essa nova tecnologia. Prá mim, o 4G já está muito bom, obrigado.

  2. Essa é uma excelente notícia. Notícia que evidencia o trabalho continuado de um governo que veio para modificar, para inserir o país na modernidade despertando outros investimentos que, por certo, virão a reboque.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.