99 anuncia medidas para uso de cinto de segurança

A empresa estuda ainda incluir uma voz dentro do carro para lembrar que o equipamento é obrigatório
-Publicidade-
A companhia lembra ainda que o uso de cinto de segurança é obrigatório no Brasil
A companhia lembra ainda que o uso de cinto de segurança é obrigatório no Brasil | Foto: Reprodução/ Pixabay

A 99 vai ser dura com o passageiro que não usar o cinto de segurança em corridas, sejam longas ou curtas. Em comunicado emitido no domingo 3, a empresa de transporte disse que o aplicativo vai ganhar um espaço para que motoristas e passageiros reportem viagens sem cinto, e os que não cumprirem a regra poderão ser punidos.

Para garantir o comprimento da obrigatoriedade do uso do cinto de segurança nas corridas, algumas medidas serão adotadas: os motoristas passam a poder cancelar a viagem, caso o passageiro se recuse a usar o cinto, e banners e avisos serão instalados para lembrar o cliente da proteção.

A empresa estuda ainda incluir uma voz dentro do carro para lembrar que o cinto é obrigatório. “Usuários que desrespeitarem as regras receberão alertas educativos e até bloqueios, em casos de reincidências”, afirmou a 99.

-Publicidade-

A 99 anuncia as medidas dias depois do acidente com o ex-BBB Rodrigo Mussi. Na quarta-feira 30, o carro em que ele estava — conduzido pela 99 — colidiu com a traseira de um caminhão, minutos depois de Mussi deixar o Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Ele estava sem cinto no banco traseiro, teve traumatismo craniano e diversas fraturas pelo corpo. A 99 afirma que o uso de cinto em corridas constava em seu Guia da Comunidade, manual de conduta para usuários e motoristas lançado em 2020.

A companhia lembra ainda que o uso de cinto de segurança é obrigatório no Brasil pelas leis de trânsito, o que vale também para as corridas de transporte por aplicativo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Acho ótimo, tomara que a “voz” que vai avisar da OBRIGATORIEDADE do cinto saia do próprio celular do usuário. Tem muitos que nao querem colocar, tem a cara de pau de perguntar se “é obrigatório”, que “vai amassar a camisa, ou o vestido” e outros tantos que bufam, isso mesmo, BUFAM e que mandam reclamações(!) ou avaliam mal o motorista, que não tem como se defender.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.