A marmita gourmet dos sem-teto

A 'quentinha' de camarões do ator Wagner Moura chamou a atenção e viralizou nas redes sociais
-Publicidade-
O ator e diretor Wagner Moura
O ator e diretor Wagner Moura | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O movimento dos sem-teto (MTST), liderado por Guilherme Boulos, promoveu a exibição gratuita do filme “Marighella”, recém-lançado pelo ator e diretor Wagner Moura para tentar reescrever a biografia do terrorista de esquerda. O convite para assistir o filme, na última quinta-feira, 11, vinha acompanhado de um vale-marmita. Moura, que tem se empenhado em desvencilhar-se da imagem do Capitão Nascimento (Tropa de Elite 1 e 2), massacrado pela patota de esquerda na cena cultural, fez questão de ser fotografado enquanto jantava. Um detalhe, contudo, chamou a atenção: a “quentinha” à base de camarão não era das mais comuns na mesa do brasileiro…

Leia também: “O verdadeiro Marighella”, reportagem de Silvio Navarro e Paula Leal para a Edição 86 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

39 comentários Ver comentários

    1. Uma pequena porção de camarão é razão para fazer critica na estreia de um filme, pqp que jornalista preguiçoso. Deveriam fazer reportagem criticando a ineficiência do governo federal e a alta absurda dos preços dos combustíveis.

  1. Artur piva, que reportagem mais idiota, vc é tão estúpido que levou uma turba de imbercis a fazer comentários ignorantes, um restaurante doou os acarajes e com complementos, um prato típico da Bahia e que leva Camarão, vatapa e outras. Agora vc um babá ovo da extrema direita estúpida, vá se informar encéfalo ruminante. Vá falar das medalhas aos grandes defensores e contribuições para a ciência: o ignorante defensor da cloroquina, e seus filhos
    Paulo Guedes e tantos outros medalhistas. Vá tomar vacina de informação.

    1. Pra que isso cara ? Você faz questão de se cadastrar em uma revista que não fala a sua língua para vir destilar comentários desse tipo? você não precisa fazer isso cara, você não precisa disso, vai por mim, evite ler matérias que vão em desencontro com seu ideal ou seja lá o que for, apenas ignore…e se por algum motivo não conseguir se filtrar de informações que lhe cause desagrado, apenas respire.

    2. Em plena pandemia, depois de lockdowns desvairados que arrebentaram quase todos os restaurantes, um deles está distribuindo camarão pra sem terra? Vai carpir um lote!

  2. Na vdd, por incrível que pareça, isso
    é um acarajé.
    Sabe aquele bolinho de feijão fradinho, recheado camarão, vatapá, caruru, pimenta da braba e etc?
    Então, é que agora só gente raiz come acarajé como antigamente, os nutellas comem no pratinho, de garfinho e provavelmente sem pimenta.
    Não é esquerda caviar, não é esquerda mortadela, é esquerda “acarajé playboy”.

  3. A jumência é uma doença que aflige os mais debilitados. A jumência é o que aflige essa figura pitoresca do cinema nacional, o narco…. Waguininho. O narco…. pode ser o narcotraficante e o narcodependente e o narcoapoiador. Narco…. pode ser considerado gente com jumência aguda grave. Essa doença afeta sobremaneira os apoiadores do jumento pernambucano com demência aguda. Afeta desde ricos da Faria Lilma e do cinema até os pobres de Paraisopolis, tanto faz. O remédio para essa doença é 2 kg de cloroquina no primeiro dia. No segundo dia não precisa mais se preocupar.

    1. Obs. Não estou receitando para ninguém que tenha jumência 2 kg de cloroquina no primeiro dia. Quem tiver esses sintomas do Waguininhk, procure um médico, pois talvez precise de uma disciplina maior. Kkkkkkk

  4. Quando criança acreditei em papai noel, saci pererê, mula sem cabeça e outras lendas. Quando ainda jovem acreditei na esquerda nos discursos de Ulises Guimaraes, Leonel Brizola e porque não em Lula. Como adulto percebi a minha decepção que os presentes de Natal era meus pais que me davam que Brizola e Ulises não existem mais e que Lula e seus asseclas só existe mesmo na imaginação dos imbecis. Essa história de esquerda é coisa adolescentes ou melhor indolentes.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.