Anatel abre investigação sobre vazamento de dados por operadoras

A informação foi confirmada pelo superintendente de controle de operações da agência, Gustavo Santana Borges
-Publicidade-
A Anatel fechará o cerco contra operadoras
A Anatel fechará o cerco contra operadoras | Foto: Divulgação

O superintendente de controle de operações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Gustavo Santana Borges, confirmou que o órgão está investigando o vazamento de dados que teria origem nas operadoras brasileiras. Durante participação no evento promovido ontem, quarta-feira 10, pelo Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior (IRICE), o representante da reguladora confirmou que é um inquérito adicional ao realizado pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). “Abrimos um processo administrativo para averiguar os fatos. Estamos apurando com as empresas”, disse, durante o evento. Borges afirmou ainda que a Anatel tem competência técnica para analisar o vazamento. Contudo, a descoberta de quem vazou os dados é um caso de investigação policial. “A pessoa que fez esse vazamento cometeu um crime. E a polícia, sim, tem capacidade de identificar”, completou. Essa é a primeira vez que a Anatel se manifesta sobre o ocorrido. Além da ANPD, o Procon-SP e o Secretaria Nacional do Consumidor também pediram esclarecimento às operadoras Claro, TIM, Oi e Vivo.

Leia também: “O desastre dos megavazamentos de dados”, reportagem de Cristyan Costa publicada na Edição 48 da Revista Oeste

-Publicidade-

Com informações do MobileTime

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.