-Publicidade-

Aneel propõe devolução de R$ 50 bilhões a consumidores de energia elétrica

Proposta entra em consulta pública nesta quinta-feira, 11 de fevereiro
A medida visa corrigir uma distorção tributária
A medida visa corrigir uma distorção tributária | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Cerca de R$ 50 bilhões podem ser devolvidos através das contas de energia elétrica dos consumidores brasileiros. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs que o abatimento seja distribuído durante cinco anos nas faturas dos usuários. A medida visa corrigir uma distorção tributária. Em 2017, o Supremo Tribunal Federal determinou que o ICMS (estadual) não pode compor o PIS e Confins (impostos federais) — base de cálculo que foi usada por anos.

Leia também: “Neoenergia investirá R$ 10 bi em 2021, mas ficará fora de privatizações”

O relator do processo, diretor Efrain Cruz, estima que, se aprovada, a devolução causará uma redução média de 30% nas faturas de eletricidade em todo o Brasil. O desconto, no entanto, será diferente para cada distribuidora de energia. A proposta da Aneel ainda precisa passar por consulta pública. O período para as manifestações começa nesta quinta-feira, 11 de fevereiro, e termina no dia 29 de março.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. R$ 50.000.000.000,00, divididos em partes iguais em cinco anos são apenas R$ 10.000.000.000,00/ano. Cifra respeitável para qualquer país. O país está preparado para mais essa drenagem? Essa turma não estaria a fim de arruinar ou acabar de arruinar este país?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês