Anvisa recebe pedido de autorização para estudos da ButanVac

A agência reguladora deve analisar os dados da vacina ‘brasileira’ em até 72 horas
-Publicidade-
A criação da ButanVac foi anunciada ontem, sexta-feira 26, pelo governo de São Paulo
A criação da ButanVac foi anunciada ontem, sexta-feira 26, pelo governo de São Paulo | Foto: Reprodução/Flickr

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu na noite de ontem, sexta-feira 26, pedido para realização de estudos das fases 1 e 2 da vacina ButanVac. A criação do imunizante contra a covid-19 foi anunciada ontem mesmo, de manhã, pelo Instituto Butantan. De acordo com o protocolo da Anvisa, serão analisados a proposta da pesquisa, o número de participantes e os dados de segurança que os cientistas conseguiram nos estudos pré-clínicos, realizados em laboratório e animais. O prazo médio para as primeiras respostas é de 72 horas após o pedido. Após a aprovação da agência reguladora, começam os ensaios clínicos da ButanVac.

Leia também: “Butantan admite que ‘vacina 100% brasileira’ usa tecnologia dos EUA”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.