-Publicidade-

Após vitória na Câmara, governo cogita retaliação a senadores

Palácio do Planalto deve demover o tucano Izalci Lucas da vice-liderança do Senado após derrota na votação dos vetos
Senador Izalci Lucas (PSDB-DF): na mira do governo 
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Senador Izalci Lucas (PSDB-DF): na mira do governo Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Palácio do Planalto deve demover o tucano Izalci Lucas da vice-liderança do Senado

contas-bolsonaro-izalci-lucas
Senador Izalci Lucas (PSDB-DF): na mira do governo I Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O alívio com o placar massacrante obtido na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira, 20, que manteve os vetos do presidente Jair Bolsonaro ao reajuste de servidores não minimizou a irritação (e a preocupação) do Palácio do Planalto com o comportamento majoritário dos senadores na noite anterior.

Há quem defenda no núcleo do governo alguma retaliação aos senadores apontados como “traidores”. Pelo menos três nomes estão na “lista negra”: Izalci Lucas (PSDB-DF), que detém posto de vice-líder do governo, Soraya Thronicke (PSL-MS) e Jorginho Mello (PL-SC).

O caso mais agudo é o de Izalci, que deve perder a vice-liderança. Em sua conta no Twitter, além de anunciar a derrota do próprio governo, ele conclamou os deputados a seguirem o voto majoritário do Senado.

Soraya Thronicke também usou sua conta no Twitter para reagir, mas escolheu como alvo o ministro da Economia, Paulo Guedes. A senadora publicou um trecho de uma fala de Guedes na qual afirma que “profissionais que estão na linha de frente do combate à pandemia devem ser exceção”.

Em seguida, usou o trecho da Bíblia mencionado por Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral.

Além da possível retaliação ao grupo que não atendeu ao pedido do governo para manter os vetos, cresceu entre os articuladores políticos e na própria equipe de Guedes a preocupação de que será preciso trabalhar muito para alinhar a base no Senado. A tendência é que nas próximas votações importantes os parlamentares sejam procurados individualmente — em alguns casos, até chamados ao Palácio do Planalto.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Não, Soraya, você, e todos os que votaram contra o veto do presidente, não são mais polidos que Paulo Guedes. Vocês são, sim, um bando de irresponsáveis desqualificados, que pouco estão se lixando com a situação econômica do País. Vocês estão, sim, preocupados apenas em defender seus votos e nada mais. A sociedade não aguenta mais políticos da laia de você, e de todos os que votaram não. Felizmente a revista Oeste publicou, para conhecimento de toda a sociedade, o nome dos que foram contra ou a favor do veto. Vocês deviam ter vergonha na cara, sabe, Soraya! Políticos do jaez de vocês não nos representam, e, tão pouco, fazem falta ao Brasil. Vocês são a vergonha do parlamento da Nação.

  2. Necessário demais retirar da vice-liderança.
    Izalci é vice-líder e conclama à derrubar um veto! Isso é absurdo.

    Soraya é péssima.
    Faz tempo que escreve MUITA besteira.
    (Fora a digitação horrível, como escreve mal).

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês