‘Bolsonaro genocida’ é a maior fake news divulgada pela CPI da Pandemia

Mudança no relatório prova que o grande massacre promovido pelo presidente não existiu  
-Publicidade-
Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo
Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, recuou e excluiu do texto do seu relatório o trecho que acusava o presidente Jair Bolsonaro dos crimes de homicídio qualificado e genocídio contra populações indígenas.

Durante meses, Bolsonaro foi publicamente denunciado como “genocida” pelos sete senadores que controlam a CPI. As acusações foram reiteradas por vários orgãos de imprensa. Com a retirada do enquadramento do presidente por homicídio, a responsabilização de Bolsonaro por um suposto genocídio se transformou na maior fake news difundida desde que foi instalada a CPI da Pandemia.

-Publicidade-

No programa Os Pingos Nos Is, da rádio Jovem Pan, Augusto Nunes, colunista de Oeste, lembrou que o Globo, na edição de segunda-feira, confessou num editorial que acusar Bolsonaro de genocídio não faz sentido. ”Esse tipo de acusação pode ser enquadrado em três delitos: denunciação caluniosa, injúria e difamação. Também devem explicações as agências de checagem”.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal costumam ofender-se com palavras bem menos ofensivas que genocídio e genocida. O que farão diante da fake news que durante mais de três meses acompanhou o nome do chefe do poder executivo em todas as sessões da CPI da Pandemia?

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. José Roberto Lima
    Você é um idiota imbecil
    Jumento da esquerda…
    Te prepara pois estou atrás de vc
    Seu IP
    A hora que te localizar…
    Te mando para o hospital com esta boca suja quebrada!
    Aguarde
    E olhe para td lado….

  2. O que os ministros do 5TF fariam? Se o nome g3noc1d2 veio em primeiro lugar do próprio Gilmar M. em uma live, quem não lembra? Teriam que denunciar esse excelentíssimo também, então 🤷🏻‍♀️

  3. Não é “fake news”. É Injúria, Calúnia e Difamação. Coisa bem tipificada no Código Penal. E com abundância de prova documental. Chegou a hora de fechar a conta dos canalhas fantasiados de inquisidores.

  4. Esse circo foi armado para dar à imprensa “Alvará” para, repetindo milhões de vezes as injúrias, calunias e difamações protagonizadas por aqueles que têm imunidade, os parlamentares, ela, a imprensa venal, possa continuar no massacre covarde, indevido e traidor à Bolsonaro e aos seus apoiadores.
    Infelizmente o establishment no Brasil é uma pele grossa, áspera e formada por vários segmentos e camadas.
    Muito triste, e tudo isso ainda as custas de nossos impostos!
    Quem assina, financia, copatrocina, ou contribui de alguma forma para as empresas que anunciam nessas entidades traidoras, também contribui para a continuidade dessas traições!

  5. Se essa narrativa te serviu, vai servir a mim também.
    Que você é todos os teus afetos sejam colocados no meio da Paulista com um cartaz relatando o que você escreveu.
    Quem vai salvar você da humilhação pública?
    O 9dedos, dorinha, dilmANTA, CANALHEIROS……?
    Ninguém!!!!!

  6. O povo quer que Renan e sua gangue da CPI tenham a devida punição da justiça pelos crimes cometidos nessa Comissão vagabunda. Nunca se viu neste país um instrumento oficial ser usado para fins pessoais tão porcos, infames, mentirosos, difamatórios, autoritário e propagador de fake news. A CPI foi um espetáculo de horrores. Esperamos que a PGR arquive a totalidade desse relatório político insano e NINGUÉM da lista macabra do criminoso Renan seja usado como bode espiatório da justiça. Esperamos que a PGR faça a verdadeira justiça aos perseguidos do indecente senador, arquivando o relatório mais imundo já produzido por uma CPI.

  7. Por que os idiotas em vez de chamar o presidente de genocida, não chame quem disseminou o vírus no mundo? Por que não chamam os governadores e prefeitos quem eram os responsáveis pela a condução da pandemia de genocida? Acusar o presidente de genocida é não ter o mínimo de noção.

  8. Esse presidente, se tiver um mínimo de amor próprio, de decência, não deixaria essas denúncias absurdas e irresponsáveis passarem em branco e que ele fique bem atento que, se não o fizer, essas denúncias em mãos competentes serão muito bem usadas na campanha política que se avizinha. Portanto, abra o olho, pois existem muitos eleitores de cabeça ôca que acreditam nas maiores “fake news” que possam existir nesse planeta.

  9. Infelizmente, NADA vai acontecer a êsses cretinos irresponsáveis. Um país no qual uma excrescência humana Renan Calheiros é SENADOR da república, nada de bom se deve esperar.

  10. Para esses patéticos senadores sinceros parabéns. Nunca uma CPI foi tão idiota como essa. Abuso de autoridade, arrogância, quebra de sigilo sem qq critério, enfim uma canalhice geral. Agora q acabou resta, marcar os nomes de todos idiotas do G7 mais alguns suplentes e jogar no lixo em 2022. E que recebam no lombo processos judiciais por sua reprovável conduta.

    1. O imbecil do Bolsonaro é assassino sim, não há fake, ele tem que ser enforcado em praça pública. E quem o protege também, bando de canalhas.

      1. Vixe esse ta em mar revolto na midia e na glo , ganhou qto na fila dos esquerdistas? kkkkkkk

      2. José Roberto Lima
        canalha é vc ! seu imbecilóide energúmeno!

      3. Canalha é você, vagabundo. Pega o seu pão com mortadela, os 70,00 e vá vomitar suas ofensas na Istoé.

      4. Onde está o moderador da revista? Aceitar um comentário de um idiota deste. Vagabundo é vc pilantra. Covarde. Esconde atrás de celular. Quero ver falar isto em público pilantra…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.