Brasil recebe neste domingo 5,1 milhões de doses de vacinas da Pfizer

Trata-se da maior remessa de imunizantes enviada ao país desde o início do acordo firmado entre a farmacêutica e o governo brasileiro
-Publicidade-
Mais de 5 milhões de doses de vacinas da Pfizer chegam ao Brasil neste domingo, 12
Mais de 5 milhões de doses de vacinas da Pfizer chegam ao Brasil neste domingo, 12 | Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo

O Brasil vai receber neste domingo, 12, mais de 5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 da farmacêutica norte-americana Pfizer. Trata-se da maior remessa de imunizantes enviada ao país desde o início do acordo firmado entre a empresa e o governo brasileiro. As aeronaves vão desembarcar no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

Inicialmente, o plano era entregar três lotes. Contudo, a remessa prevista para ontem, sábado 11, com 1,4 milhão de vacinas, foi remanejada e chegou ao terminal de Campinas às 3h02 deste domingo. Os outros três aviões desembarcaram em Viracopos ao longo do dia.

As entregas fazem parte do novo cronograma da empresa, que prevê o envio de 8,9 milhões de doses de vacinas até a noite de hoje. As outras entregas foram realizadas na última quarta-feira, 8, quinta-feira 9 e sexta-feira 10.

-Publicidade-

Acordo entre Pfizer e governo brasileiro

Ao todo, a farmacêutica entregou ao Ministério da Saúde, em 68 lotes, 67,3 milhões dos 100 milhões de doses do primeiro contrato, assinado em 19 de março de 2021. O restante deve ser enviado até o fim de setembro.

O segundo contrato entre Pfizer e governo federal, assinado em 14 de maio, prevê a entrega de outros 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A empresa garante que vai cumprir o cronograma de entrega até o fim de 2021.

Leia também: “SP irá vacinar com Pfizer quem tem 2ª dose de AstraZeneca atrasada”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Agora uma pergunta muito simples para alguém que tem dúvidas de ordem legal: Quem tomar a dose de reforço com a vacina da Pfizer, conseguirá liberação para viajar aos EUA e à CEE, mesmo tendo tomado as duas doses iniciais da CoroaVaca? Alguém sabe de algo a esse respeito?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro