CFM diz que CPI da Covid tem um ‘ambiente tóxico’

'Não temos certeza sobre nada em relação a essa doença desconhecida', destaca o presidente da entidade
-Publicidade-
O presidente do Conselho Federal de Medicina, Mauro Ribeiro
O presidente do Conselho Federal de Medicina, Mauro Ribeiro | Foto: Repordução/YouTube

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou um vídeo criticando a conduta de alguns senadores na CPI da Covid. Na gravação, o presidente da entidade, Mauro Ribeiro, disse que se estabeleceu um “ambiente tóxico” na comissão e classificou como “inaceitável” a forma como foram interpeladas as médicas Mayra Pinheiro e Nise Yamaguchi — ele destacou que a atuação do médico e senador Otto Alencar (PSD-BA) foi desleal.

“Comunico aqui que encaminharemos um ofício ao Senador Rodrigo Pacheco, presidente do Congresso Nacional e presidente do Senado Federal, no sentido de que alguma coisa seja feita contra aquele ambiente tóxico que se estabeleceu na Comissão Parlamentar de Inquérito”, disse Ribeiro. O dirigente requisitou que o CFM seja convocado “o mais rápido possível” com finalidade deixar clara a posição dos médicos brasileiros para os senadores.

-Publicidade-

“Nós não temos certeza sobre nada em relação a essa doença desconhecida mundo”, disse o médico.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comments

  1. Um ponto que deve ser criticado é de que os senadores governistas não estão fazendo perguntas e questionamentos inteligentes. A CPI é um processo que terá relatório e que será aprovado ou não. Assim, deve conter respostas e explicações de ataque e defesa para análise justa e responsável. Eu e meus amigos facebuqueiros temos umas 50 questões que não foram respondidas desde o Mandeta até o Quiroga e outros personagens. Também é diabólico não poder fazer perguntas e questionamentos aos membros da mesa da CPI. Só para ilustrar, uma das 50 questões é perguntar sobre se concorda ou não sobre medidas tomadas pelo governo desde março do ano passado. É importante saber a opinião dos inquisidores sobre isto. E lembrar que no início do governo o Bolsonaro foi criticado porque ele queria dar mais verbas para a área científica em vez de setores de letras, filosofia e artes plásticas. Será que o Renan também foi contra o presidente desde aquela época? E os conceitos de determinados termos também estão sendo dinamitados com mentiras. Quais os conceitos de genocídio e ditadura? Ou sejam, algumas pessoas mentiram muito em seus depoimento e deveriam ser convocados novamente para melhores esclarecimentos. Qual a relação das milhares de mortes em outros países com Bolsonaro? Ou só aqui no Brasil morre gente por covid. Os outros presidentes também são genocidas? Quando a CPI irá falar sobre a OMS que somente nesta semana liberou em caráter emergencial a coronavac… e assim por diante.

    1. Prezado Luiz, tenho plena convicção que a manobra da esquerda sempre foi e sempre será tirar o problema do foco para poder interpretar à sua maneira.
      São baixos por natureza e maus em essência, nosso pessoal não está acostumo à tanta desfaçatez e manobras para criar suas narrativas.
      Mas vamos justos lhes dando opções, como o fizestes em seu pertinente comentário.

    2. Até que enfim uma Organização séria levanta a voz contra a irresponsabilidade e truculência dos políticos e demais autoridades do país.

    1. Os tais senadores independentes, se tivessem senso do ridículo e zelo pelos seus eleitores, deveriam abandonar essa CPI da farsa, que sabemos ser jogo de carta marcada, e pior, ali vemos um tribunal de exceção. Boçais e corruptos juntos torrando o nosso dinheiro e atrapalhando enormemente o país. Caiam fora, senhores, se tiverem juízo. Caiam fora dessa estupidez.

  2. 6 horas na CPI do Renan deve equivaler a uma intensa exposição radioativa. A toxicidade é tão grande que algumas das vítimas deveriam ser indenizadas com verbas tiradas dos salários desses “senadores”.

  3. O CFM deve, sim, prestar uma informação ponderada sobre as maldades essa CPI. Não dá para aceitar que esse circo continue destruindo vidas somente em razão de intenções políticas.

  4. Aconteceque o único objetivo da CPI é criar palco para Renan, Azis e Randolfe e outros menos cotados. Não estão interessado em NADA além disso. Até outubro de 20122 ainda tem um longo caminho. A CPI é um palco de propaganda política gratuita. E mais importante do que ser propaganda gratuita é que os três ficam em constante evidência.

  5. Estava passando da hora da manifestação da maior autoridade medica do Brasil se pronunciar. Se pronunciou……. “não tem certeza de nada sobre essa doença desconhecida e tem todas às duvidas do mundo”. Não Senhores Jornalistas, o que o Presidente do Conselho Federal de Medicina disse, é o que a maioria da população brasileira já sabia o “mundo desconhece” o tratamento desse vírus. Através do COVID, nos brasileiros, passamos a conviver e a conhecer melhor, não o vírus da COVID, mais sim o vírus do ódio disseminado por uma impressa militante, não mais alimentada por recursos públicos, desacreditada, ideológica, parcial e aliada a uma minoria oposicionista desqualificada, quer impor através de lavagem cerebral ao “povo” brasileiro, de que o problema esta no Presidente da Republica. Não, não esta no Presidente da Republica o problema, o Presidente cumpriu com seu papel de autoridade maior da Nação e responsável pela saúde da população brasileira, neste sentido no dia 3 DE FEVEREIRO DE 2020 editou uma portaria através do Ministério da Saúde, PORTARIA Nº 188 onde Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus (2019-nCoV), e em DE 6 DE FEVEREIRO DE 2020 através da LEI Nº 13.979, dispôs sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019. Portanto, diferente de alguns Governadores e Prefeitos como Doria em São Paulo e ACM Neto na Bahia, juntamente com algumas redes de TV e Jornais, apoiadas por alguns “renomados” Médicos como Drauzio Varella, diziam não, não se preocupem com essa doença, podem brincar o carnaval, essa doença esta longe de chegar aqui, está na Ásia e na Europa, o vírus não sobrevive ao calor do nosso verão. Não há motivo para medo. O “negacionismo” tem pai e mãe sim. Não foi o Presidente da Republica e nem o “cidadão” Jair Bolsonaro os pais do negacionismo. O negacionismo nasceu daqueles que optaram pelo carnaval. Da mesma forma como vocês da imprensa esqueceram, que há muito tempo não temos leitos hospitares e que é possível que muitos de vocês jornalistas podem ter nascido no chão, no corredor, na maca de um hospital pela absoluta falta de leitos hospitalares. Só lembraram agora que faltam leitos. Veja qual era a ocupação hospitalar nos anos 90, 2.000, 2010, enfim 2020, vejam quantos leitos foram desativados, recordem-se da “Máfia dos Sanguessugas” dos inúmeros desvios e roubos de dinheiro publico. Das construções faraônicas para a Copa do Mundo e Olimpíadas em detrimento da Saúde. Lembrem-se do Carnaval em plena pandemia e a disputa via mídia dos Governadores para levar para seus estados os “turistas internacionais” e os foliões brasileiros.
    Não, senhores jornalistas, o presidente foi eleito democraticamente e por maioria absoluta dos eleitores, e vai cumprir seu mandato. Não vai ser esta imprensa corrompida e nem a esquerda mortadela que impedirão o Presidente de Governar para o Brasil ou para os seus 57.797.847 milhões de eleitores.

    1. Magno perfeita sua colocação. É evidente que essa CPI desde sua concepção e imposição pelo STF ao Senado, foi para criar um clima de culpa e adicionar mais um motivo para o possível afastamento do presidente democráticamente eleito.
      Falam contra o “Golpe” mais são os arquitetos mais ferrenhos deste.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site