Cientistas descobrem nova variante do coronavírus no Brasil

Batizada de N9, a cepa foi encontrada em apenas 3% das amostras analisadas
-Publicidade-
As amostras foram coletadas de 39 municípios do Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte
As amostras foram coletadas de 39 municípios do Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte | Foto: Divulgação/Canva

Pesquisadores brasileiros descobriram uma nova cepa do coronavírus. Circulando pelo país desde agosto, a N9 se espalhou por quase todos os Estados, especialmente no Nordeste — o Centro-Oeste, porém, ainda não registrou contágios. Conforme o estudo, a variante pode ser imune à vacina e mais difícil de diagnosticar que a P.1 e a P.2. Além disso, a nova mutação também mostrou maior grau de transmissão. Ainda segundo o levantamento, a N9 foi encontrada em apenas 3% das amostras que foram analisadas. Os pesquisadores sequenciaram e analisaram, entre 1º de dezembro e 15 de fevereiro deste ano, 195 genomas de pacientes que receberam resultado positivo para a covid-19. As amostras foram coletadas de 39 municípios do Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Leia também: “Variantes já eram esperadas, diz imunologista”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.