-Publicidade-

Conheça Anderson Torres, o novo ministro da Justiça anunciado por Bolsonaro

Desde janeiro de 2019, Torres ocupa o cargo de secretário de Segurança do Distrito Federal
Anderson Torres foi anunciado pelo Palácio do Planalto para ser o novo ministro da Justiça
Anderson Torres foi anunciado pelo Palácio do Planalto para ser o novo ministro da Justiça | Foto: Divulgação/Governo do Distrito Federal

Nesta segunda-feira, 29, o delegado Anderson Gustavo Torres, da Polícia Federal (PF), foi anunciado pelo Palácio do Planalto como o novo ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil — ele vai substituir André Mendonça, que foi remanejado para conduzir a Advocacia-Geral da União.

Desde janeiro de 2019, Torres ocupa o cargo de secretário de Segurança do Distrito Federal e, por oito anos, foi chefe de gabinete do então deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR) — nesse período o parlamentar ficou próximo do ministro do Tribunal de Contas da União Jorge Oliveira. Na época, Oliveira chefiava o gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Na PF, Torres coordenou as principais investigações voltadas para o combate ao crime organizado na Superintendência em Roraima, entre 2003 e 2005. Esteve na coordenação das atividades de inteligência na repressão a organizações criminosas de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro de 2007 a 2008. Administrou a parte técnica e logística da Diretoria de Combate ao Crime Organizado e suas congêneres regionais entre 2008 e 2011. Ele também participou de investigações internacionais com adidos policiais de outros países.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Conheça o novo Ministro da “Justiça”(?): a esposa dele ganhou cargo comissionado na Câmara do DF e depois no cerimonial do Governo do DF enquanto ele ocupava o cargo de Secretario de Segurança do DF. Justiça seja feita: salariozinho de 12 mil reais. Está aí o Novo Ministro da Justiça.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.