-Publicidade-

Bolsonaro combate a ciência, diz ex-ministro que ignorou parecer de entidade médica

Luiz Henrique Mandetta também reclamou do atual "silêncio" do Ministério da Saúde em relação às ações contra a doença
Mandetta: críticas a Bolsonaro, mas sem mencionar ignorada a parecer médico | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL
Mandetta: críticas a Bolsonaro, mas sem mencionar ignorada a parecer médico | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL | ciência - luiz henrique mandetta - cloroquina

Luiz Henrique Mandetta também reclamou do atual “silêncio” do Ministério da Saúde em relação às ações contra a doença

ciência - luiz henrique mandetta - cloroquina
Mandetta: críticas a Bolsonaro, mas sem mencionar ignorada a parecer médico | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

Titular do Ministério da Saúde de janeiro de 2019 a abril deste ano, Luiz Henrique Mandetta parece tirar qualquer responsabilidade de sua parte em relação ao avanço do vírus chinês no Brasil. Em debate online realizado na tarde de hoje, ele criticou o presidente da República pela situação do país na questão do combate à doença provocada pelo novo coronavírus.

Leia mais: “Médico que definiu covid-19 como ‘gripezinha’ está ‘pessimista’”

De acordo com Mandetta, o presidente da República e a atual equipe do governo federal combatem a ciência. Como exemplo, ele acusou Bolsonaro de ir contra determinadas recomendações. “Queria aglomeração”, disse o ex-ministro, sem apresentar nenhum dado que prove que seu ex-chefe tenha em algum momento defendido aglomerações em meio ao período de pandemia. Bolsonaro, inclusive, foi o responsável pelo decreto que colocou o país em estado de calamidade pública ainda em março.

Em relação ao respeito à ciência, Mandetta, que já admite interesse em se candidatar em 2022 à presidência da República, ignorou algo protagonizado por ele mesmo. Em abril, ainda na condição de ministro da Saúde, ele ignorou parecer de entidade médica em favor do uso da cloroquina em fases iniciais de tratamentos contra a covid-19. Conforme noticiado com exclusividade por Oeste, o então aliado de Bolsonaro não respondeu à manifestação feita pela Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

9 comentários

  1. Figura apagada, desconexa da realidade, incapaz de sentir empatia por um povo que dependeu dele, traz o mantra da ciência como se ciência fosse apenas o que os procedimentos atuais se utilizam, também, para estudos científicos.
    Figura patética, sabe que ciência também é a estatística positiva de métodos empíricos, o que ocorre a centenas e centenas de anos; a coisa funciona, então está provado; é ciência, como sempre foi há séculos!
    Figura desonesta e desleal, responsável pelo sofrimento e mortes desnecessárias, tanto pelas consequências diretas da COVID 19 quanto pela queda da Economia.
    Faz com Moro, Maia, Alcolumbre, Doria e todo STF, parte do pus a ser eliminado de nossa vida pública.

  2. #Bolsonaro2022
    BolsonaroTemRazão
    SeteAlém
    SupremoTribunalInquisitorial
    TribunalDeExceção
    FarsaJudicial
    AlexandreImoraes
    PSOLpartidodocrime
    outroParTidodocrime
    ParTidoquetemdiálogocabulosocomPCC

  3. Quantas pessoas morreram seguindo a recomendação deste indivíduo de ficar em casa tomando antitérmico até sentir falta de ar? Nunca vi estudo científico dizendo que esperar agravar o quadro do doente é melhor para tratar. Incompetência evidente.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês