-Publicidade-

CNJ não sabe quantos presos foram soltos na pandemia, denuncia partido

No 17 de março, o CNJ orientou para que os juízes soltassem presos em grupos de risco como medida preventiva para evitar a propagação do vírus no sistema penitenciário.
Foto: Лечение наркомании/Pixabay
Foto: Лечение наркомании/Pixabay | CNJ - não - possui- dados

Pedido foi feito pelo pelo líder do Podemos na Câmara dos Deputados, Léo Moraes (RO)

CNJ - não - possui- dados
Foto: Лечение наркомании/Pixabay

O Conselho Nacional da Justiça (CNJ) informou que não possui dados sobre quantos presos foram soltos em meio à pandemia. O pedido de informação foi pedido pelo Podemos, através do seu líder na Câmara dos Deputados, Léo Moraes (RO).

No 17 de março, por meio da Recomendação n° 62/2020, o CNJ orientou para que os juízes soltassem presos em grupos de risco como medida preventiva para evitar a propagação do vírus no sistema penitenciário.

“O libera geral patrocinado pelo CNJ foi um cheque em branco, sem qualquer garantia. Por isso, essa orientação, que vence no próximo domingo, não pode, em hipótese alguma, ser prorrogada. O CNJ não pode errar de novo”, afirmou Léo Moraes.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês