-Publicidade-

CoronaVac: ‘Eficácia não é comparável com nenhuma outra vacina’, diz presidente do Butantan

O imunizante se mostrou eficaz diante dos parâmetros da Anvisa, que exige um mínimo de 50%

O imunizante se mostrou eficaz diante dos parâmetros da Anvisa, que exige um mínimo de 50%

CoronaVac
Foto: Saulo Angelo/Estadão Conteúdo

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, falou ontem, quarta-feira 13, sobre a eficácia global da CoronaVac, que atingiu 50,38%. Ele ressaltou que a vacina desenvolvida pelo Butantan em parceria com a chinesa Sinovac foi a única testada exclusivamente em profissionais da saúde e, portanto, os resultados não podem ser comparados com os de outros imunizantes.

Em coletiva de imprensa do governo paulista, Covas destacou que os testes foram feitos em um grupo muito mais exposto ao vírus do que a população geral.

“Essa eficácia não é comparável com nenhuma outra vacina. Extrapolar esses dados para a população brasileira não é correto. Para eles serem extrapolados, nós teríamos que admitir que todos os brasileiros trabalhassem na área da saúde”, afirmou o presidente do Instituto Butantan.

“Essa eficácia é obtida na situação mais dramática de testes de uma vacina. Na população será muito superior à eficácia geral, será assemelhada ao que foi feito na Turquia ou na Indonésia”, continuou. Nos dois países citados, os índices foram mais altos: a Indonésia aprovou o uso emergencial com 65,3% e a Turquia apresentou 91% de eficácia em estudos preliminares.

A CoronaVac se mostrou eficaz diante dos parâmetros da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que exige um mínimo de 50%, e aguarda aprovação para o uso emergencial.

Leia também: “CoronaVac: Doria será convidado pela Câmara para prestar esclarecimentos”

Com informações do Uol

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês