Coronavírus: Bolsonaro critica Manaus por falta do tratamento precoce

Pazuello vai a capital do Amazonas para orientar sobre o tratamento precoce
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro deve editar MP para iniciar o programa Casa Verde Amarela | Foto: Marcos Corrêa/PR
O presidente Jair Bolsonaro deve editar MP para iniciar o programa Casa Verde Amarela | Foto: Marcos Corrêa/PR | casa verde amarela, programa habitacional, ministério do desenvolvimento regional, habitação

Na capital do Amazonas, nos dias 11 e 12 de janeiro, foram confirmadas 42 mortes em decorrência da covid-19

casa verde amarela, programa habitacional, ministério do desenvolvimento regional, habitação
O presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR
-Publicidade-

Na última terça-feira, 12, o presidente Jair Bolsonaro criticou a condução do enfrentamento da pandemia em Manaus (AM). “Não faziam tratamento precoce. Aumentou assustadoramente o número de mortes. E mortes, pessoal, por asfixia porque não tinha oxigênio”, afirmou. “O governo estadual e o municipal deixaram acabar o oxigênio.” No dia anterior, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, esteve na cidade para promover orientação sobre o tratamento precoce.

Leia também: “Morre Maguito Vilela, prefeito licenciado de Goiânia”

“A prescrição é do profissional médico e a orientação é precoce. E essa orientação é de todos os conselhos de medicina”, argumentou Pazuello, em pronunciamento na capital do Amazonas. “O exame laboratorial, o exame de imagem, o teste, é complemento do diagnóstico, até porque a medicação pode e deve começar antes desses exames complementares.”

Ainda assim, segundo a rádio Jovem Pan, a secretária municipal de Saúde de Manaus, Shadia Fraxe, afirmou que vai distribuir apenas remédios que tenham comprovação científica para o uso contra a doença, embora a agente pública reconheça que não pode evitar que a população busque outra solução.

Os dados expostos no boletim do Amazonas assinalam que, na capital do Estado, nos dias 11 e 12 de janeiro, 1.045 novos casos da doença foram diagnosticados e confirmaram-se 42 mortes de pacientes com a covid-19.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Uma secretária desqualificada ! Nenhuma remédio tem comprovação científica nem hidroxicloroquina nem nenhum outro, caso tivesse algum isso já estaria amplamente divulgado. Por isso o médico tem que ter liberdade de receitar os medicamentos inclusive a hidroxicloroquina.

    1. Essa secretária da saúde de Manaus é péssima !!! Portanto, o prefeito também. E a população vai aceitar isso? Acho que o ministério da saúde tem que ir pra cima, já que está ajudando, embora o STF tenha tirado do governo federal o poder de estabelecer as medidas de enfrentamento ao vírus chinês.

  2. Manaus não soube votar. Esta pagando com vidas preciosas.
    Quando à você, Shadia Fraxe, sobre a comprovação científica, vá estudar a descoberta da penicilina!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site