Coronavírus: Fiocruz vai entregar 210 milhões de doses de vacina em 2021

Cerca de 4 milhões de brasileiros devem ser imunizados nas primeiras semanas de fevereiro
-Publicidade-
Vacina desenvolvida pela universidade Oxford e a farmacêutica AstraZeneca
Vacina desenvolvida pela universidade Oxford e a farmacêutica AstraZeneca | Foto: Cadu Rolim/Estadão Conteúdo

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pretende entregar neste ano 210 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca. O cronograma da entidade brasileira estima 30 milhões de unidades até o fim de fevereiro, 70 milhões entre março e julho e outras 110 milhões no segundo semestre, quando a produção será 100% nacionalizada.

No dia 8 de fevereiro, a Fiocruz pretende fazer a primeira entrega de doses da vacina ao Ministério da Saúde. Marco Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da entidade, estima que 4 milhões de brasileiros serão imunizados no começo de fevereiro. “Com a primeira liberação de doses, vamos ter a capacidade de vacinar no Brasil, logo nas primeiras semanas de fevereiro, quase o mesmo número de pessoas que já foram vacinadas em todo o mundo durante o mês de dezembro, que são cerca de 4 milhões em 12 países”, garantiu.

-Publicidade-

Leia também: “Coronavírus: registro da vacina de Oxford na Anvisa começa até 15 de janeiro”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comentários

  1. A Fiocruz está fazendo um trabalho mais sério e responsável. Esta vacina eu tomo!
    Agora, o Butantan virou a “casa da mãe Joana”. Todo mundo mete a mão!

  2. Cloroquina, azitromicina, vitamina D, agora vacina da Oxford. Será que Bolsonaro tem bola de cristal ? E depois dizem que os negacionistas somos nós. Vai tomar vacina da China, nem a china aprovou ainda.

    1. É certo. Quem faz as coisas com propósitos honestos, não precisa de bola de cristal. Dá tudo certo. Já para quem precisa aparecer, mentir, enganar, é só bola fora.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.