Coronavírus mata quase 3 vezes mais na terra de Ciro Gomes

Coronavírus mata quase 3 vezes mais na terra de Ciro Gomes
-Publicidade-

Sobral, no interior do Ceará, tem 119 óbitos por 100 mil habitantes, enquanto o país tem 31 mortes

Enquanto o Brasil registra 772,5 contaminados por coronavírus e 31 óbitos para cada 100 mil habitantes, Sobral, no interior do Ceará, ostenta números muito mais portentosos.

-Publicidade-

A cidade, de 208 mil moradores e situada a 240 quilômetros de Fortaleza, contabilizou na última segunda-feira, 6, quase 7.780 casos confirmados e 249 mortes — o que corresponde a 3.723 infectados e 119 óbitos por 100 mil habitantes.

Reduto eleitoral de Ciro e Cid Gomes, a cidade hoje é governada por Ivo Gomes, o irmão menos conhecido do clã.

“A gente não pode banalizar 38 mil mortes”, afirmou Ciro Gomes, no começo de junho, quando o país atingiu esse número de óbitos. “Precisamos entender como o Brasil chegou ao fundo do poço. Eu estou muito angustiado.”

Até agora, o irmão mais famoso do clã não abriu a boca para explicar como Sobral chegou a esse ponto.

Leia também: Ciro Button. Ou Benjamin Gomes

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Deve estar mais preocupado em não usar máscara ,afinal de contas,como pode cheirar de máscara.?E agora com a transposição do São Francisco,que era ele que coordenava as obras que nunca acabava de propósito ,por que e dono de todos os caminhões pipa do Nordeste .ele e seu irmão senador retroescavadeira.VERMES!

  2. Enquanto existirem os “Coronéis” na política, veremos o POVO SENDO USADO COMO BUCHA em seus projetos de poder!
    Em Sampa, a elite toma a Cloroquina, a Hidroxicloroquina e fingem que não. O povão do SUS é impedido de ter a medicação pra morrerem nos hospitais de campanha. QUE PAÍS É ESTE?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.