Covid-19: quase 90% dos leitores de Oeste não tomariam uma vacina sem a aprovação da Anvisa

Participaram da enquete 5.301 pessoas
-Publicidade-
Ministério definiu grupos a serem vacinados prioritariamente contra a covid-19 | Foto: Canva
Ministério definiu grupos a serem vacinados prioritariamente contra a covid-19 | Foto: Canva | programa de vacinação - grupos a serem vacinados

Participaram da enquete 5.301 pessoas

programa de vacinação - grupos a serem vacinados
Foto: Canva
-Publicidade-

Esta semana, Oeste perguntou aos seus leitores se eles tomariam uma vacina contra a covid-19 liberada por órgãos científicos internacionais, mas ainda à espera da aprovação da Anvisa. Com 88,1% dos votos, a resposta escolhida foi “não”. Participaram da enquete 5.301 pessoas.

Confira alguns dos comentários publicados em nosso Twitter:

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comments

  1. Sem dúvidas!
    Como você de bom senso poderá optar por uma vacina cujas consequências, ao longo de um tempo razoável, não foram ainda aferidas?
    Fora o fato de que o COVID-19, mutação do vírus que se propagou em 2003, se tratado no devido tempo e com os medicamentos baratos, corretos e acessíveis, não vai além de mais ou menos 14 dias para cura?
    Diante disso só existem 2 tipos de indivíduos que se submeteriam às vacinas: os loucos e os ignorantes cooptados pelos políticos corruptos e marginais, bem como induzidos pela imprensa venal, pois que é mais uma oportunidade para ganharem com a receita proveniente da vacina e, simultaneamente, com motivos para a oposição ao Governo Federal!
    É um jogo sujo, de pessoas e empresas dirigidas por gente baixa, medíocre, tipo Dória, Maia, STF, Rui Costa, Globo, estadão, Folha, ….,
    Os envolvidos em imputar a obrigatoriedade da vacina, por si só, já nos dizem do que se trata!

  2. Pela quantidade de indivíduos até jovens que estão dirigindo automóveis todos fechados e ainda com máscara que a cada dia aumenta, devo dizer que tomariam qualquer vacina sem perguntar qual delas é. Para mim, essas pessoas já estão sofrendo de outro mal e o pior, de cura muito mais difícil. Com relação a essa “pandemia”, passei todo esse ano, como se não houvesse amanhã, normalmente, apenas usei máscara dentro de estabelecimentos, mais por respeitar as regras do que qualquer outra coisa, não peguei nem resfriado e olhem que pertenço à faixa etária que eles dizem ser de grupo de risco. Quanto a vacinas, não tomarei nenhuma pelo menos nos próximos quatro anos, depois vou pensar.

    1. Exato quanto as suas duas afirmações.
      A doença de muitos, e não propriamente o COVID-19, é que é a causa dos mascarados sob quaisquer circunstância.
      E quanto a não usar máscara, nãos as uso desde maio, quando entendido o mecanismo do vírus, as consequências em nosso organismo e como tratar.
      Também sou da faixa etária de risco, mas exatamente por ter a capacidade de pensar e, a partir daí ter optado pela manutenção de minha liberdade, exposição ao sol e endorfina, sigo essa ou nessa pandemia sem alucinações, devaneios e sujeito à terrorismos, principalmente os fomentados por leigos inescrupulosos, os políticos e a imprensa!

  3. A política anti-bolsonarista operou pra desconstruir um caminho com medicação usada no tratamento precoce, prendendo pessoas em casa e disseminando o medo. O resultado indireto seria na economia, o descontentamento do brasileiro com o governo liberal e conservador viria na sequência, e os auto-entitulados salva-vidas do povo sairiam fortalecidos pra disputa de 2022.
    Pois é……, parece que o plano não tá funcionando perfeitamente.
    O brasileiro não parece desesperado a ponto de aceitar uma vacina precipitada sem garantia de eficiência e transparência na planilha de custo.
    Não esperemos grandeza de políticos e ministros supremos, mas a boa informação fará os brasileiros ter o equilíbrio e parcimônia pra fazer as melhores escolhas.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site