Covidão no Reino Unido? Hospital de £ 100 milhões é interditado por bombeiros

Unidade do NHS — equivalente ao SUS britânico — foi aberta para tratar casos graves de covid-19 e teve de ser fechada após três meses de utilização.
-Publicidade-
King's College Hospital teve de ser interditado | Foto: KiloCharlieLima/Wikimedia Commons
King's College Hospital teve de ser interditado | Foto: KiloCharlieLima/Wikimedia Commons | covidão, reino unido, covid-19, coronavírus,

Unidade do NHS — equivalente ao SUS britânico — foi aberta para tratar casos graves de covid-19 e teve de ser fechada após três meses de utilização

covidão, reino unido, covid-19, coronavírus,
King’s College Hospital, em Londres, teve de ser interditado
Foto: KiloCharlieLima/Wikimedia Commons

Um hospital do National Health Servic(Serviço Nacional de Saúde, em inglês), o equivalente britânico do Sistema Único de Saúde (SUS), foi interditado pelos bombeiros após uma vistoria constatar problemas sérios na segurança do prédio que punham em risco a vida de pacientes e profissionais.

-Publicidade-

Seria apenas mais uma notícia sem grande importância, se a unidade em questão, o King’s College Hospital, não tivesse sido inaugurada em abril para atender casos graves de covid-19 em Londres, a um custo de £ 100 milhões.

Quando o hospital foi fechado, 30 pacientes estavam internados e tiveram de ser transferidos para outras unidades, segundo reportagem do jornal The Guardian.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.