Crime organizado obriga toque de recolher nas comunidades do Rio

Mensagens foram enviadas pelas redes sociais com a orientação de que a população não saia de casa Diante da pandemia do novo coronavírus, moradores de diversas comunidades do Rio de…
-Publicidade-

Mensagens foram enviadas pelas redes sociais com a orientação de que a população não saia de casa

Diante da pandemia do novo coronavírus, moradores de diversas comunidades do Rio de Janeiro receberam mensagens de traficantes e milicianos obrigando o toque de recolher à população.

-Publicidade-

Em Rio das Pedras, Muzema e Tijuquinha, na Zona Oeste da cidade, o recado enviado pelas redes sociais orienta a população a não sair às ruas a partir das 20 horas, segundo informações do G1:

“Atenção todos os moradores de Rio das Pedras, Muzema e Tijuquinha!!! Toque de recolher a partir de hoje 20:00 hrs. Quem for visto na rua após este horário vai aprender a respeitar o próximo!!!”.

Já em outra mensagem o crime organizado diz:

“Queremos o melhor para população. Se o governo não tem capacidade de dar um jeito, o crime organizado resolve”.

Por determinação do prefeito Marcelo Crivella, a partir de amanhã, terça-feira 24, a capital fluminense entra em quarentena.

O Estado do Rio tem 186 casos confirmados e três mortos, em razão do novo coronavírus.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Olha que lindo, no Rio de Janeiro existe outro Estado mais organizado e mais respeitado que o próprio Estado. É o Estado do CRIME que todos se submetem, senão já viu. Tá aí, e tem governador fechando rodovia. Era só pedir para o Crime Organizado dá uma mãozinha que não precisa nem de Lei.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.