‘Decisão correta’, diz Doria sobre Bolsonaro efetivar Pazuello na Saúde

Tucano disse que Pazuello "tem tido uma postura republicana e aberta ao diálogo"
-Publicidade-
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo

Tucano afirma que Pazuello “tem tido uma postura republicana e aberta ao diálogo”

João Doria
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo
-Publicidade-

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), elogiou a decisão do presidente Jair Bolsonaro de efetivar o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, no cargo.

Pelas redes sociais o tucano afirmou que Pazuello “tem tido uma postura republicana e aberta ao diálogo”. Doria disse esperar que ele continue ajudando o país a superar a pandemia.

Leia mais: “PIB do Brasil volta a crescer no 3º trimestre, aponta Ministério da Economia”

O general toma posse nesta quarta-feira, 16. Ele está no comando da pasta desde a saída do ex-ministro Nelson Teich.

Verba para a produção da vacina Sinovac

Doria ampliou o diálogo com Pazuello após pedir o apoio do governo federal na ampliação da unidade do Instituto Butantan responsável pela produção da vacina chinesa Sinovac, que está sendo testada no combate à pandemia.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

9 comments

  1. Não precisa explicar, eu só queria entender. Como ex tucano desde Montoro e Covas, não entendo como pude apoiar este tal do Dória. Pior, atualmente não consigo mais entender esse partido e suas lideranças.

  2. Isso não tem que achar NADA, Ele e seus secretários de Saúde Tomaram cloroquina escondidos, enquanto proibiam nos hospitais matando a população entubada, deve procurar é cuidar com sua Administração que provavelmente será o próximo centro de escândalos com o convidão.

  3. Depois de fazer um monte de besteiras e ver a população lhe virando as costas, agora essa figura vai tentando se reaproximar do Bolsonaro para ver se consegue, ao menos, se reeleger como governador ou salvar o Covas do massacre nas urnas…
    Não passa de um pulha….

    1. Afonso Marangoni com esta reportagem, me premia sorvendo os comentários dos internautas até aqui deixados. O que iniciamos em 2013 nas RUAS é fórmula implacável de sucesso para reconquistarmos nossa querida NAÇÃO. Acima de partidos políticos e ideologias nefastas, nos unindo em torno de pautas comuns, vamos desbancando essa trama macabra combinada pelos comunas, tão logo promulgada a CARTA Frankenstein e COMUNISTA. Juntos na prestação de contas com o LEGISLATIVO brasileiro, p PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do Foro privilegiado. Este é o plano, e é nossa responsabilidade pois fomos nós que colocamos patifes naquele pardieiro. Nós Estados é mais fácil. Em SP tiramos Dória, em MG deixamos Zema, se ele quiser ficar. No Rio…ah no Rio não temos quem deixar. Ali, como na PBH, tem que ser desmontado toda a estrutura de ESTADO, contaminada a ponto de qq um eleito, já entra sabendo as regras do jogo.

  4. Passaram meses afirmando que o Bolsonaro era um genocida dentre outras coisas por deixar o ministério da saúde sem titular e agora vêm com essa balela de que o cara que estava lá desde o início faz uma gestão digna de elogios. Canalhas. Isso que são

  5. O PSDB sendo PSDB, assim como DEM, querem virar o pêndulo do poder, ou seja, o papel q o PMDB atual MDB fez a vida inteira em Brasília. Conseguindo várias prefeituras no Brasil, por consequência conseguindo eleger vários deputados e senadores, com uma bancada grande eles conseguem barganhar apoio com o governo. Eles não querem a presidência, eles querem os Estados e prefeituras. Assim eles ganham mais. Por isso q falo sempre, não votem nesses partidos PSDB, DEM, MDB, PT, e outros. E cuidado com os partidos novos com ideologias velhas. Comece a combater eles nas campanhas das prefeituras.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site