Dias Toffoli vai se isolar depois de contato com Alcolumbre

Ministro optou por seguir recomendações do Ministério da Saúde
-Publicidade-
Dias Toffoli encaminhou mensagens aos ministros sobre possível ataque terrorista
Dias Toffoli encaminhou mensagens aos ministros sobre possível ataque terrorista | PF alerta ministros

Ministro optou por seguir recomendações do Ministério da Saúde

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, informou ontem, quarta-feira 18, que vai ficar em isolamento domiciliar por uma semana depois de ter tido contato com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cujo teste para o coronavírus resultou positivo.

Na última segunda-feira, 16, Toffoli convocou uma reunião no Supremo para tratar de medidas de combate à doença. Além de Alcolumbre, participaram da reunião o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; cinco ministros da Corte; o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; o advogado-geral da União, André Mendonça; o procurador-geral da República, Augusto Aras; e presidentes de tribunais superiores.

-Publicidade-

Durante o período do isolamento, Toffoli vai trabalhar em casa para decidir as demandas do tribunal. Mais cedo, o STF optou por reduzir a frequência de realização de sessões presenciais para evitar aglomerações de pessoas nas dependências da Corte.

Com informações da Agência Brasil

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.