Brasil vai propor investigação sobre a OMS

Segundo o ministro de Relações Exteriores, a investigação contra a OMS deverá começar antes mesmo do fim da pandemia do novo coronavírus
-Publicidade-
O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araujo, durante encontro com o Xeique Abdullah bin Zayed Al Nahayan | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araujo, durante encontro com o Xeique Abdullah bin Zayed Al Nahayan | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Segundo o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a investigação sobre a OMS deverá começar antes mesmo do fim da pandemia do novo coronavírus

Araújo participa de reunião ministerial com Bolsonaro nesta terça, 9 | Foto: Agência Brasil
-Publicidade-

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o governo brasileiro subscreveu uma proposta de investigação sobre a Organização Mundial da Saúde (OMS). A declaração foi dada durante a reunião ministerial desta terça-feira, 9.

Segundo Araújo, o Brasil está em coordenação com a Austrália e a União Europeia para levar adiante uma investigação sobre a influência de “atores políticos” nos “métodos de transparência” e outras questões relativas à resposta da organização à epidemia. As apurações deverão começar antes mesmo do fim da pandemia do novo coronavírus.

Leia mais: “‘Muito rara’, diz OMS sobre transmissão da covid-19 por assintomáticos”

Existem duas propostas sendo analisadas na Assembleia-Geral da OMS. Uma delas foi apresentada por Austrália e União Europeia para uma investigação sobre a origem e a expansão do novo coronavírus no mundo.

Outra proposta feita em cima de um texto apresentado pela UE requer uma avaliação externa especificamente da resposta à epidemia de coronavírus. Esse texto tem o apoio de Japão, Austrália, Canadá, Reino Unido, entre outros países. Até agora, o texto pede que a própria OMS inicie uma avaliação externa “independente, imparcial e completa” da ação do órgão na epidemia.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Essa pandemia naonpideria passar batida.muita coisa esquisita e que custou vidas eeconomias. Nem.a oms e nem.a China passarão incólume. Correta a atitude brasileira

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site