EUA pretendem vacinar 24 milhões de pessoas em janeiro

Planejamento original previa 100 milhões vacinados antes do fim do ano
-Publicidade-
Vacina da Pfizer tem resultados promissores, garante empresa | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
Vacina da Pfizer tem resultados promissores, garante empresa | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR | Vacina da Pfizer tem resultados promissores, garante empresa | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Planejamento original previa vacinação de 100 milhões de norte-americanos antes do fim do ano

vacina
EUA pretendem vacinar 24 milhões de habitantes em janeiro | Foto: Divulgação/FlickrI

No domingo 6, autoridades do governo dos Estados Unidos informaram que pretendem vacinar 24 milhões de norte-americanos em janeiro. Os idosos e profissionais de saúde formam o grupo prioritário. O principal conselheiro científico da Operação Warp Speed — parceria entre o setor público e privado para acelerar o desenvolvimento de uma vacina —, Moncef Slaoui, afirma que a vida deve começar a voltar ao normal até o fim de maio e que o planejamento original sofreu atrasos.

-Publicidade-

“Em termos populacionais, para que nossa vida comece a voltar ao normal, estamos falando de abril ou maio”, disse. “Provavelmente estamos de seis a oito semanas atrás do cenário ideal, em que tínhamos 100 milhões de doses até o final deste ano.”

Leia também: “Primeiro lote da vacina da Pfizer pode ser distribuído nos EUA em 13 dias”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro