Hospital de campanha de Heliópolis deixará de funcionar amanhã

Pacientes que estavam no local devem ser transferidos para AME Barradas e novos infectados devem ir para hospital de campanha do Ibirapuera.
-Publicidade-
Túnel para ambulâncias que leva até a tenda de enfermaria do hospital de campanha de Heliópolis | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste
Túnel para ambulâncias que leva até a tenda de enfermaria do hospital de campanha de Heliópolis | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste | heliópolis, fechado, hospital de campanha, estado de são paulo,

Pacientes que estavam no local devem ser transferidos para AME Barradas e novos infectados devem ir para hospital de campanha do Ibirapuera

heliópolis, fechado, hospital de campanha, estado de são paulo,
Túnel para ambulâncias que leva até a tenda de enfermaria do hospital de campanha de Heliópolis | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste
-Publicidade-

Após pouco meses de três meses da abertura, o hospital de campanha de Heliópolis, na zona sul de São Paulo, começará a ser fechado a partir dessa terça-feira, 1° de setembro.

Aberto em 20 de maio, o local recebeu um total de 989 pacientes de 40 cidades, com 848 altas e 113 mortes registradas.

Os pacientes que ainda estiverem na tenda serão removidos para 30 leitos dentro do Ambulatório Médico Especializado (AME) Luiz Roberto Barradas Barata, já que o hospital de campanha foi construído no estacionamento e no centro cirúrgico do local.

Novos pacientes que necessitarem de atendimento serão encaminhados para o hospital de campanha do Ibirapuera.

Com o desmonte da estrutura, ainda em setembro o AME voltará a ter cirurgias eletivas.

“Vamos dobrar as cirurgias eletivas, passando de 600 para 1,2 mil procedimentos [no AME Barradas]”, afirma o secretário estadual de Saúde, Jean Gorynchtein. “Os números mostram que as unidades precisam retomar as suas vocações e continuar a servir à população.”

Leia também: Hospitais de campanha ou ‘para a campanha’?

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site