Mais de 80 chineses são presos por venda de vacinas falsas contra a covid-19

Doses eram preenchidas com solução salina, afirma especialista
-Publicidade-
Vacina falsa é vendida na China | Agência Xinhua/Ren Chao
Vacina falsa é vendida na China | Agência Xinhua/Ren Chao
Mais de 3 mil doses de vacinas falsas foram vendidas | Agência Xinhua/Ren Chao

Nesta segunda-feira, 1º, a imprensa da China noticiou a prisão de mais de 80 chineses por envolvimento em um esquema que vendeu mais de 3 mil doses de vacinas falsas contra a covid-19. O grupo atuava em várias cidades do país e, inclusive, teria conseguido exportar a falsificação para a África.

Leia também: “Vacina da Oxford: Brasil terá 34 milhões de doses até março”

-Publicidade-

“As ‘vacinas’ eram preenchidas com uma solução salina e com certeza não surtirão efeito, mas também não causarão problemas de saúde”, disse Tao Lina, especialista em vacinas de Xangai, ao jornal chinês em língua inglesa Global Times. “Então está claro que os suspeitos queriam dinheiro, não ferir pessoas.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.