Mandetta esquece a máscara e se despede de assessores com beijos e abraços

Ao se despedir dos colegas de ministério, Mandetta esquece as restrições que ele mesmo impôs à população
-Publicidade-

Ao deixar a pasta, o agora ex-ministro não seguiu as restrições que ele mesmo impôs à população

“Pode abraçar?”, pergunta uma funcionária do Ministério da Saúde logo que Luiz Henrique Mandetta entra na sala (fechada) para se despedir dos funcionários da pasta. Sem qualquer cerimônia, o agora ex-ministro se aproxima, dá um abraço apertado, olha para a câmera e, ainda com os braços em volta da colega, diz: “A melhor voz do ministério”.

-Publicidade-

Posando (ainda abraçados) para fotos, a dupla puxa a canção, que é acompanhada pela pequena multidão presente no local: “Viver, e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz…” Todos entoam (lado a lado) a música de Gonzaguinha.

Não há máscaras, nem luvas e muito menos “distanciamento social”. A quarentena, pelo visto, ainda não começou no local de onde foi decretada.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

12 comentários

  1. verdadeiro vídeo que mostra o significado da palavra hipocrisia. era esse que falava aos montes sobre “ciência”? que exigia dos brasileiros um comportamento do qual esqueceu? hipócrita é o mínimo permitido que se pode falar. prova que não era de confiança, É um político, ERA um político no papel de ministro, NUNCA foi médico só por conta dessa “demonstração”… cinismo puro, é revoltante uma pessoa dessas.

  2. Hipocrisia tem nome: Mandetta. “Isso a Globo não mostra”
    Antes de “Viver, e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz…”, Mandeta terá que explica à Justiça de Mato Grosso o desvio de dinheiro público, além de responder a nova denúncia de desvio de mais de 40 milhões, na cidade de Imperatriz/PI.

  3. Infelizmente perdemos dias e dias no combate à pandemia do novo Covid19 no Brasil pela inépcia de um ministro,o Mandetta,que nada entendia de infectologia mas que poderia ter formado uma equipe de craques no assunto e portanto se limitou à contagem de mortos levando pânico à Nação.Vemos com muito bons olhos a chegada do novo ministro.

    1. H I P Ó C R I T A, político safado vai ter que se explicar para os imbecis que acharam que você era o máximo, além de falcatruas que estão descobrindo. Médico de araque igualzinho a seu padrinho lá de Goiás.

  4. Pelo que vimos da amostra deste vídeo, o sucessor do Mandetta, se não demitir todos do Ministério da Saúde, não terá nenhuma chance de dar certo, será sabotado o tempo inteiro.

  5. Dizem as más línguas que os funcionários no Ministério da Saúde são testados a cada três dias e que por isso vivem uma vida absolutamente normal. Não sei o que é pior, o vídeo contradizendo as próprias recomendações ou a convicção por trás ao fazê-lo! Enquanto isso, faltam testes não só para a população, mas para médicos e enfermeiros que atuam na linha de frente salvando vidas! Agora imaginem se fosse um tal de Bolsonaro numa cena dessas no próprio gabinete no Palácio do Planalto?? “Genocida” seria o mais brando dos xingamentos, panelas até voariam do alto das janelas tamanho vigor soariam os sons de suas batidas! Já Mandetta, este se tornou um herói nacional por confrontar Bolsonaro na Globo, tornando insustentável tamanha insubordinação. Ainda há quem veja o ato de “heroísmo” em pé de igualdade com o legado de Moro. E que por isso deve se cuidar, pois vem aí Mandetta 2022…

    1. O brasileiro é um povo sui generis, qualquer um que tem 15 minutos de fama, vira celebridade. Vide exemplos como Mandetta, Marielle aquela que ficou famosa depois de morta, os BBB da Globolixo, no entanto as celebridades que estão se aproveitando do momento, esquecem o passado( Doria roubando a Embratur), Witsel (adorando o Gabigol ridiculamente ,é sendo ignorado), e muitos outros. Isso só aqui mesmo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site